Campo

Foto: Marcos Filho Sandes

Negócios ou lazer? Quem visita a Exposição Agropecuária de Araguaína (Expoara) vem para comprar produtos relacionados ao agronegócio ou para se divertir? Estas e outras dúvidas serão esclarecidas por meio de uma pesquisa realizada pela Prefeitura de Araguaína, Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Sindicato Rural de Araguaína (SRA). 

O questionário começa a ser aplicado nesta sexta-feira, 8, por uma equipe de 30 pesquisadores, e segue até o dia 17, último dia da feira. De acordo com o coordenador do departamento de Turismo da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Thiago Carvalho, o questionário vai possibilitar a organizadores e expositores, conhecer o perfil do visitante.

“O questionário será aplicado tanto às pessoas do Município quanto às de outras localidades. Nele, há perguntas específicas de sexo, renda, identificação da pessoa e sobre a estrutura do evento, o que o trouxe para o evento e quanto gasta por noite”.

O objetivo principal é mostrar o potencial da Feira, o desenvolvimento econômico através do público, descobrindo quais os ramos que mais movimentam a economia local.

Movimentação econômica

A Prefeitura de Araguaína é parceira do SRA na Expoara 2018. Durante a Feira, são realizados shows regionais e nacionais, leilões, exposição de animais na fazendinha Cheiro de Roça, Semana Tecnológica com palestras e cursos e outras atrações para os pecuaristas e público em geral.

De acordo com a assessoria do SRA, na edição de 2017, a Feira movimentou R$ 65 milhões em negócios, reunindo 135 expositores de vários segmentos e uma média de público de 15 mil pessoas por dia.

Investe Araguaína 

Durante os 11 dias da Expoara, a Prefeitura conta com o estande que receberá reuniões, palestras e a divulgação do projeto Investe Araguaína, que destaca a cidade como local favorável para qualquer negócio, por estar em localização estratégica do País, ser polo em um raio de abrangência de mais de 2 milhões de pessoas, ter logística privilegiada e economia forte.

No espaço da Prefeitura na Expoara, empresários do agronegócio e Microempreendedores Individuais (MEI) poderão obter mais informações sobre o acesso a serviços e programas desenvolvidos pela gestão municipal por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente.