Meio Ambiente

Foto: Ascom CBMTO

Um total de 345 propriedades localizadas na área rural de Palmas foram visitadas, nessa última quarta-feira, 13, pelo Comitê Estadual de Combate a Incêndio Florestal e Controle de Queimadas no Estado do Tocantins (Comitê do Fogo) durante o Dia “D” de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais em Palmas. A ação contou com a participação de 15 instituições que integram o comitê, entre elas o Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO), por meio da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cedec-TO). O objetivo da visita foi orientar os proprietários rurais para assim conscientizá-los e sensibilizá-los a respeito do manejo correto do fogo.

Ao todo, 49 agentes públicos participaram da ação utilizando 23 veículos. O Dia “D” faz parte do Plano de Ação das atividades a serem implementadas pelo comitê, no Estado, em 2018.

“O Dia ‘D’ é uma das ações iniciais da Força Tarefa desenvolvidas pelo comitê. É um trabalho de conscientização e sensibilização desses proprietários. É de suma importância porque é o momento em que visitamos esses proprietários para orientá-los a evitar fazer queimadas sem autorização, sobre a necessidade de fazer um aceiro e de denunciar caso presencie alguém causando queimadas ou provocando incêndios às margens das rodovias e nas propriedades e orientações também em relação às responsabilidades sobre a queima não autorizada, além dos prejuízos causados ao meio ambiente”, disse o presidente do Comitê e atual superintendente da Cedec-TO, tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo.

Segundo o presidente, caso o proprietário precise fazer algum tipo de queimada é necessário que ele busque, antes, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), órgão competente do Estado, para pegar a autorização por escrito, além das devidas orientações técnicas de como adotar as medidas de segurança para que a queimada autorizada não se transforme em um incêndio.

Decreto

No dia 28 de maio, o Governo do Estado publicou o Decreto Nº 5.823 declarando a situação de risco de desastre ambiental resultante de incêndios florestais na área de cobertura vegetal de 11 municípios no Tocantins: Almas; Formoso do Araguaia; Lagoa da Confusão; Lizarda; Mateiros; Palmas; Paranã; Pium; Ponte Alta do Tocantins; Rio Sono e Santa Rita do Tocantins.

Dia D de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais

A ação compreende visitas nas propriedades rurais, priorizando os municípios com maior número de focos de queimadas nos últimos três anos, visando sensibilizar e levar informações sobre mecanismos e prevenção (manejo do solo e construção de aceiros) e uso legal do fogo (autorização e queima controlada), bem como de possíveis aplicações da legislação para repressão às atitudes irregulares.

A previsão é que, no dia 19 de junho, o Dia D seja realizado em Almas e Ponte Alta do Tocantins; dia 20 em Paranã e Mateiros; dia 28 de junho, em Pium e Santa Rita do Tocantins; dia 29 em Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia; dia 4 de julho em Rio Sono e dia 5 de julho em Lizarda.