Cultura

Foto: Marcos Veloso

Após quatro anos sem título, a tradicional junina Rancho Velho sagrou-se campeã do 19º Arraiá da Amizade em Gurupi, conquistando seu 11º troféu, na noite do último sábado, 23, com o espetáculo “A magia do Amor”, história em que uma boneca ganhou vida para dançar com um homem que buscava o amor da sua vida.

A junina Rancho Velho iniciou em 2002 como uma brincadeira de amigos do bairro e foi crescendo e a cada ano se reinventando para se apresentar a cada edição do Arraiá da Amizade. Marcelo Lopes, um dos fundadores da junina, relatou os desafios e como no decorrer dos anos a equipe foi se modernizando e profissionalizando. “Não é fácil estarmos aqui, mas é gratificante. E a cada ano nos motivamos para  trazer ao público um espetáculo bonito”, contou destacando que os anos sem título não os desmotivaram.
 

Após o anúncio do título, Marcelo comentou que valeu à pena o esforço e a espera. “Mostramos o nosso trabalho com garra e emoção e deu tudo certo. Agora é trabalhar para o ano que vem”, finalizou Marcelo.

Liliane Azevedo, Rainha da Rancho Velho, desde 2013 não dançava. “Somos uma família, passamos vários meses ensaiando, nos preparando para trazer uma apresentação que o público goste e ainda com outras preocupações como figurino, por exemplo, e quando chegamos aqui, toda aquela tensão que passamos o ano todo se transforma em emoção”, contou.

Em segundo lugar, ficou a Fulô de Mandacaru, de Palmas, que trabalhou com o tema “Tempo, o Senhor do Destino”, em que relatava o desencontro de um casal, mas que ao final se reencontrou e viveu seu grande amor. Destacaram que há tempo para o perdão, o amor, para cura de todas as feridas e que nunca é tarde para ser feliz.

Com o título de terceiro colocado, a “Carrapixo do Sertão”, de Gurupi, também arrancou aplausos do público com o tema “O legado de Dominguinhos”, em que contaram a vida e obra desse que foi um dos maiores  artistas do nordeste brasileiro.   

A junina que ano passado não se apresentou, conquistou o prêmio de melhor casal de noivos com Jenifer Alves e José Marcos dos Santos, que apresentaram ao público e aos jurados muita sintonia.

Jamires Teixeira, que está na Junina desde sua formação em 2012, comentou que foi emocionante poder estar de volta no Arraiá e contar com o apoio da torcida, perceber que eles aprovam o espetáculo e que se emocionam junto com o grupo. Destacou a homenagem ao Dominguinhos, que segundo ela, foi para lembrar o quanto ele foi importante no cenário cultural, que morreu, mas permanece no coração de todos.

Ela ainda falou da dedicação que todos têm. “Olha, apresentamos em junho, em setembro já começamos a trabalhar para o próximo ano.  O ritmo é intenso”, destacou.

As três juninas dividiram o prêmio de 20 salários mínimos e troféus.

O prefeito Laurez Moreira, que acompanhou as apresentações destacou a importância dessa festa no calendário de Gurupi e afirmou que é uma das manifestações com maior aceitação das famílias. “O Projeto Cultura e Arte por Toda Parte” tem esse papel de integrar os movimentos culturais e esse evento tem a aprovação do público. Os pais, as crianças participam fazendo com que a cada ano o Arraiá da Amizade seja maior”, destacou.

A secretária Municipal de Cultura, Zenaide Costa, afirmou que o evento foi um sucesso com a participação efetiva do público, das juninas e que agora é trabalhar para o próximo que certamente será ainda maior.

A festa ainda contou com a participação da Banda Xamego Meu.

Aquecimento da Economia

A 19ª edição do Arraiá da Amizade bateu recorde de público, a cada noite a participação dos populares aumentava, e foi um sucesso para os comerciantes locais, que montaram suas barraquinhas no evento.

O vendedor de cachorro quente, conhecido como Chiquinho do dog, participa há mais de 10 anos do Arraiá, destacou a beleza da festa e a movimentação do público que superou suas expectativas. “O arraiá da amizade é lindo demais, esse ano deu muita gente, a festa foi muito boa, as vendas foram maiores, está de parabéns”, elogiou.

A dona Izabel Lustosa, que vende espetinhos, ressaltou o crescimento das vendas a cada dia de arraiá, e acredita que parte disso se deve a mudança de local, que deu mais espaço para o público prestigiar o evento. “Vale a pena participar dessa festa, por sua beleza e principalmente pela valorização do nosso trabalho, as vendas foram muito boas, e foi melhor essa realização aqui na Avenida Pará, tivemos mais espaço, foi bem melhor”, disse.

A presidente da Associação Gurupiense de Artesãos, Maria do Socorro Sousa Barros, agradeceu a parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, e o espaço dado para a divulgação do trabalho da associação. “É uma vitrine para a divulgação do trabalho das nossas artesãs, as pessoas gostaram muito dos nossos produtos, passaram para fazer fotos, nós criamos um cenário especial, voltado para esse momento, foi maravilhoso”, contou.

Segurança

Outro quesito importante foi a segurança feita pela Polícia Militar, que não registrou nenhuma intercorrência no circuito junino. Para reforçar o trabalho, a Prefeitura de Gurupi contratou segurança particular para que as famílias pudessem prestigiar o evento sem nenhuma preocupação.