Esporte

Foto: Divulgação

Dos 11 árbitros do Quadro Nacional da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que participaram nessa terça-feira, 3, do teste físico Fifa, realizado na pista de atletismo da Universidade Federal do Tocantins (UFT), apenas dois foram reprovados e um fará o teste em São Luiz (MA) a pedido.  Os reprovados deverão refazer o teste em 30 dias em lugar determinado pela CBF e até lá não poderão atuar em competições.

O teste teve como objetivo avaliar fisicamente o quadro de árbitros e formar parte do calendário das avaliações físicas mantenedoras da Seleção Nacional dos Árbitros de Futebol da CBF (SENAF 2018), e realizadas com base no Protocolo FIFA padrão internacional.

Os árbitros foram avaliados em provas oficiais de agilidade, velocidade e provas de resistência intervalada, no caso dos árbitros assistentes terão que realizar o teste CODA (agilidade) para tempo de 10.10 segundos, a prova de velocidade que consiste em 5 tiros de 30 metros para 4,80 segundos e 40 tiros de 75 x 25 m, com tempo de 15 x 22 segundos. Já os árbitros terão que realizar 6 tiros de 40 metros para 6,10 segundos e 40 tiros de 75 x 25 m para 15 x 20s.

Aprovados

Árbitros: André Rodrigo Rocha, Eduardo Fernandes Teixeira e Tarciso Matos.

Árbitros Assistentes: Alvani Brito Nunes, Cipriano da Silva Sousa, Fernando Gomes da Silva, Natal da Silva Junior, Washington Monteiro e Samuel Smith Nobrega Silva.

Fará teste em São Luiz (MA): Fabio Pereira

Está de atestado: Jânio Pires Gonçalves