Saúde

Foto: Divulgação

Contendo todos os nutrientes necessários ao desenvolvimento do bebê, o leite materno é considerado, por especialistas, de extrema importância. Neste período de férias (julho) o estoque do Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR) fica ainda mais crítico e as doações ficam ainda mais necessárias. O leite procedente das doações ajuda a alimentar os recém-nascidos internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital na Capital.

Para se cadastrar como doadora de leite materno ou mesmo doar os frascos para o armazenamento, basta que a pessoa interessada ligue  no número 0800 646 8283, que funciona 24 horas.

“Nós entramos em contato com a mãe doadora e marcamos o dia e o horário que seja melhor para que ela faça a doação e ajude outras crianças. Buscamos o leite materno e os frascos para armazená-lo”, explicou a coordenadora do projeto Bombeiro Amigo do Peito, capitã Márcia Marra de Oliveira Santos. Conforme os registros do BLH da Capital, o número de doadoras caiu bastante e conta, atualmente, apenas com 60 mães cadastradas.

Caso não consiga ligar no número 0800 646 8283 para doar o frasco, o doador também pode entrar em contato pelo número de emergência do Corpo de Bombeiros, o 193.

Seminário de Aleitamento Materno

Na última sexta-feira, 20, ocorreu uma reunião conjunta do Comitê Estadual de Aleitamento Materno do Estado do Tocantins e da Comissão Estadual de Banco de Leite para discutir entre outros temas sobre o Seminário de Aleitamento Materno que ocorrerá, no Estado, dia 24 de agosto; as atividades a serem realizadas na Semana Estadual de Doação de Leite que acontece, no Tocantins, de 1º a 7 de agosto, em comemoração a Semana Mundial de Aleitamento Materno.

Os dois eventos acontecem, no mês de agosto, denominado “Agosto Dourado” dedicado ao aleitamento materno com ações voltadas para as doações.

O seminário contará com a presença da coordenadora das Ações de Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Fernanda Monteiro, e será aberto ao público em geral.

Projeto Amigo do Peito

Com o objetivo de aumentar o volume de leite materno para os bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR), é desenvolvido, em Palmas, o projeto Bombeiro Amigo do Peito, uma parceria entre o Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) e o Banco de Leite Humano (BLH) do hospital, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Desde que foi implantado, em 2003, o projeto Bombeiro Amigo do Peito, contou, até 2017, com a ajuda de 16.257 mães doadoras. Juntas, as mamães somaram 17.534 litros de leite doados, beneficiando assim 11.679 bebês e totalizando 282.186 atendimentos e 37.596 visitas domiciliares.

Além de Palmas, o Banco de Leite Humano existe também em Araguaína e Gurupi, porém é a equipe dos hospitais que realizam a coleta domiciliar do leite. Já as cidades de Paraíso do Tocantins e Porto Nacional possuem apenas centros de coletas localizados dentro das próprias maternidades. Desta maneira, as mães precisam se dirigir até o local para que seja feita a doação.