Saúde

Foto: Divulgação Higienização, hidratação e fotoproteção diária são essenciais para manter uma pele saudável e bonita no veraneio Higienização, hidratação e fotoproteção diária são essenciais para manter uma pele saudável e bonita no veraneio

Começou a temporada de estiagem e de calor no Tocantins e nesse período, os termômetros costumam registrar temperaturas médias que variam entre 37° e 40°. A tendência é que nessa época do ano a umidade do ar também caia e fique na casa dos 30%.

A fisioterapeuta dermato funcional, esteticista e terapeuta naturista, Ducineia Lacerda, afirma que a união das altas temperaturas com a baixa umidade do ar pode causar diversas complicações a saúde, entre elas estão a desidratação e o ressecamento da pele. “Nesse período é de suma importância redobrarmos os cuidados com a saúde da pele. A  exposição ao sol envelhece o tecido, leva ao surgimento de manchas, dermatites, sardas, flacidez e até mesmo o desenvolvimento do câncer”, explicou.

Segundo ela, para ter a pele sempre bonita, é preciso ter disciplina e apostar em alguns cuidados diários. “Cada tipo de pele precisa de cuidados específicos. Com o passar dos anos, a pele vai perdendo luminosidade e elasticidade e, por não ser mais capaz de reter água de forma eficiente, torna-se seca e sem viço, e a exposição ao sol pode piorar esse processo”, disse.

A profissional destacou que nessa época do ano manter uma alimentação saudável é o primeiro passo para evitar problemas na pele. “Na temporada de baixa umidade do ar e de clima quente temos que melhorar a ingestão de alimentos saudáveis e garantir a hidratação eficiente do corpo”, destacou. Além disso, o uso continuo do filtro solar, associado a utilização de  bonés, chapéus, óculos de sol e roupas especiais contribuem para evitar as agressões dos raios ultravioletas. “O efeito da radiação solar se acumula com o tempo, e traz consequências que podem se manifestar após anos. Por isso é importante se prevenir sempre”, destacou ela.

Para manter a saúde da pele e evitar o ressecamento do órgão, Ducineia recomenda a utilização de hidratantes e a manutenção de uma alimentação equilibrada. “Atualmente,  existem no mercado diversos tipos de produtos, os mais comuns são os a base de óleo de amêndoa ou de uva, também é importante investir em alimentos ricos em carotenos, vitaminas C e E e zinco, tais como vegetais verdes escuros, frutas e legumes coloridos, estes são antioxidantes e ajudam a evitar o processo de formação dos radicais livres, além da ingestão de, pelo menos, dois litros de água por dia”, frisou ela.

De acordo com a fisioterapeuta e esteticista, tratamentos como a limpeza de pele profunda e a utilização de cosméticos específicos para cada biotipo cutâneo, ajudam no controle da oleosidade, melhorando o aspecto da pele e prevenindo o surgimento da acne.

Para manter uma pele saudável e bonita no período de veraneio, Ducineia recomenda a higienização, hidratação e fotoproteção diária do órgão. Segundo ela,  esse hábito se torna ainda mais importante, principalmente para quem tem pele oleosa. “Com as temperaturas mais elevadas e o clima tropical, a pele passa a produzir mais sebo, resultando em mais oleosidade e em um rosto com a indesejada aparência brilhosa”, explicou.

A profissional acrescenta que para manter um bom equilíbrio do corpo e da mente, é fundamental a prática de exercícios físicos. Esse hábito prolonga a saúde, melhora o humor, aumenta a firmeza e a boa aparência da pele. “As atividades físicas também ajudam a manter o peso próximo ao ideal, sendo imprescindível para a saúde do corpo”, finalizou.