Palmas

Foto: Divulgação Roberto Petrucci Júnior é secretário da Prefeitura de Palmas Roberto Petrucci Júnior é secretário da Prefeitura de Palmas

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Regularização Fundiária e Serviços Regionais da Prefeitura de Palmas, Roberto Petrucci Júnior, foi condenado pela justiça do Paraná por corrupção passiva quando era secretário municipal de Obras Públicas de Maringá-PR na gestão 2013-2016. De acordo com a decisão do juiz Devanir Manchini, da 2ª Vara Criminal de Maringá, Petrucci foi condenado a cinco anos e quatro meses de reclusão e multa. 

A decisão é do dia 23 de julho, mas somente nesta semana o Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Paraná - que apresentou a denúncia - foi notificado pela justiça.

Crime

De acordo com a denúncia, na época em que era secretário do município paranaense, Petrucci teria cobrado propina ao dono de um lote que seria desapropriado para a construção de uma rua em um setor da cidade.

Consta nos autos que o procedimento de desapropriação já estava concluído e os trâmites seguiam para a fase de pagamento da indenização quando, de repente, o processo foi paralisado entre os meses de abril e dezembro de 2016. Naquele ano, Petrucci passou a responder também pela Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo, onde corria o processo de desapropriação.

O ex-secretário teria exigido da vítima 50% do valor da indenização que a mesma receberia pela desapropriação, o que equivaleria a mais de R$ 320 mil, caso contrário a indenização não seria paga. O proprietário não aceitou e denunciou o caso ao MPE.

Palmas

Em Palmas, Roberto Petrucci Júnior foi nomeado secretário executivo na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego em novembro de 2017 pelo ex-prefeito Carlos Amastha (PSB), que renunciou ao cargo para concorrer ao Governo do Estado. A nomeação consta na edição nº 1.872 do Diário Oficial do Município do dia 7 de novembro do ano passado.

Já este ano, no mês de fevereiro, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) nomeou Petrucci para responder interina e cumulativamente também pela pasta do Desenvolvimento Urbano, Regularização Fundiária e Serviços Regionais. Petrucci é um remanescente e representante do poder político do ex-prefeito na atual gestão municipal. 

 Diário Oficial de Palmas de fevereiro com nomeação de Petrucci

Recurso

A condenação de Petrucci foi em primeira instância, cabendo recursos. De acordo com a decisão o condenado poderá recorrer em liberdade.

À imprensa paranaense os advogados do secretário, Rodrigo Saldanha e Willian Samsel, disseram que a sentença foi injusta e que tentarão fazer com que o juiz reconsidere a decisão, em caso negativo buscarão instâncias superiores. De acordo com eles, Petrucci nega os fatos. Alegam ainda que a única prova que consta nos autos, que seria o depoimento da vítima, seria frágil.

O Conexão Tocantins enviou e-mail à Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Palmas para saber como a administração irá proceder diante da condenação do gestor municipal e aguarda a resposta.

 Na página da prefeitura na internet, Petrucci aparece como gestor