Economia

Encerram-se no próximo dia 11 de setembro, as inscrições para projetos do Programa de Eficiência Energética da Energisa. O edital de Chamada Pública informa a destinação de mais de R$ 5,4 milhões para projetos com foco na redução do consumo de energia, melhoria das instalações elétricas e ações educacionais. Podem participar da chamada, clientes do poder público, comercial e serviços, iluminação pública e residenciais.

Este ano, a concessionária aumentou em quase 100% o valor investido em projetos de economia de energia e recebe as propostas até o dia 11/10. Podem participar clientes que tenham projetos voltados para o poder público, comércio e serviços, iluminação pública e residencial. Ao todo, em 2017, o Programa de Eficiência Energética investiu mais de R$ 3,5 milhões em duas chamadas.

O cliente que tem interesse em participar da chamada pública deve mostrar no seu projeto que a proposta de troca dos eletrodomésticos, máquinas, motores e lâmpadas que estão em uso, dará bons resultados. Se a proposta for selecionada, a Energisa entrará com o investimento. Todos os equipamentos substituídos pelo projeto serão encaminhado para descarte, seguindo as leis ambientais. Também é realizada uma ação de conscientização com quem trabalha ou mora no local onde ocorrerá o projeto e, um estudo para mensurar se os resultados previstos foram realmente atingidos. Tudo é feito conforme determina a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O edital da chamada pública está disponível no site https://energisatocantins.gestaocpp.com.br. No site, o interessado deve se cadastrar para ter acesso aos documentos necessários para participar do processo, além de informações de apoio para elaboração do projeto. Após a elaboração e entrega do projeto, o cliente deve aguardar a divulgação das propostas aprovadas.

Ciclo 2017

Nas duas Chamada Pública de Projetos em 2017 foram aprovados quatro projeto, dentre eles a proposta do Hospital e Maternidade Dom Orione (HDO), de Araguaína. No hospital, o recurso está sendo aplicado ao longo de oito meses para troca de 2.100 lâmpadas por unidades de LED, 24 condicionadores de ar mais econômicos e a substituição de três usinas de oxigênio. A ação representa um aumento de 50% na produção de oxigênio e redução de quase 30% no consumo de energia. No total, as substituições e os novos equipamentos devem gerar uma economia média de até 40% no consumo de energia elétrica dos equipamentos substituídos dentro da unidade hospitalar.

Também foram beneficiados o Hospital Geral de Palmas (HGP), previsto Substituição de 5.324 Lâmpadas, 17 ar condicionados e 08 motores utilizado para o sistema refrigeração de água, cujo projeto está em andamento, e a Associação Educacional Luterana do Brasil (Ceulp/Ulbra) em Palmas, que teve dois projetos selecionados nas duas chamadas de 2017. 

Dos quatro projetos que contaram com o investimento Programa de Eficiência Energética da Energisa em 2017, dois já foram implantados: Dom Orione e Ulbra. Juntos eles representam uma economia total de 1.368,47 MWh/ano, suficiente para abastecer 640 residências por um ano. Os outros dois estão em fase de implantação: HGP e Ulbra.

Programa

O Programa de Eficiência Energética da ANEEL disponibiliza um percentual da receita líquida operacional das concessionárias de energia para projetos que buscam promover o uso eficiente da energia elétrica em todos os setores da economia. A ideia é incentivar o surgimento de novas tecnologias, assim como repensar práticas e costumes com foco no uso racional da energia elétrica.