Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­cia

Foto: Ascom/SSP

Em pouco menos de três horas, a Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia de Polícia de Peixe/TO, sul do Estado, desvendou a autoria de um crime de homicídio triplamente qualificado e prendeu em flagrante Dhelmerson B. dos S., Vagner S. E. T. e Jean C. P. A. De acordo com a Polícia Civil, a vítima, Hélio Cardoso de Cerqueira era um conhecido usuário de drogas da cidade de Peixe, na região Sul do Estado.

O crime teria ocorrido na madrugada do último sábado, 13. Pela manhã, a Polícia Militar recebeu uma ligação através do 190 na qual um informante dizia ter avistado em um matagal, na periferia da cidade, às margens da Avenida Pedro Ludovico, um local de escavação com grande suspeita de existir uma pessoa enterrada. Ao constatarem a veracidade das informações, a Polícia Civil foi comunicada e imediatamente começou um trabalho de investigação. 

A vítima, ao ser desenterrada, de pronto foi reconhecida pelos policiais. Com o reconhecimento do cadáver, em junção com outras evidências encontradas no local do crime, foi possível chegar aos autores do delito e, em tempo, efetuar a prisão dos suspeitos.

De acordo com o delegado João Paulo Sousa Ribeiro, os autores confessaram a autoria do delito e contaram de forma detalhada a execução do crime: a vítima teria sido espancada e apedrejada até a morte, depois arrastada e enterrada pelos executores no mato a cerca de 300 metros da Avenida Pedro Ludovico. A motivação do crime estaria relacionada com o tráfico de drogas. Ainda de acordo com o delegado, após a lavratura do procedimento policial, os autores foram encaminhados para a cadeia pública de Peixe, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.