Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­tica

Foto: Divulgação

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) deferiu por unanimidade, durante sessão na tarde desta última sexta-feira (19/10), a requisição de forças federais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para garantir a segurança nas terras indígenas situadas na 23ª ZE de Pedro Afonso, 32ª ZE de Goiatins, 5ª ZE de Miracema do Tocantins e 15° ZE de Formoso do Araguaia.

O presidente do TRE-TO e relator do processo, desembargador Marco Antony Villas Boas, ressaltou que a requisição da Força Federal foi motivada por situações peculiares apresentadas pelos juízes especialmente em terras indígenas.

Também foi requisitada a força pública federal para acompanhar e dar segurança às eleições atuando nas localidades sedes da 29ª Zona Eleitoral (Palmas), 2ª Zona Eleitoral (Gurupi e Cariri) e 1ª e 34ª Zonas Eleitorais (Araguaína). “Tal solicitação ocorre em virtude do momento crítico em que se encontra o Sistema Penitenciário como um todo, não sendo diferente aqui em nosso Estado,  razão pela qual essa ação do Exército e é imprescindível nesse momento”, explicou o Villas Boas.

O representante da Procuradoria Regional Eleitoral manifestou-se favorável ao deferimento do pleito. (Ascom TRE)