Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), confirmou através de uma rede social que irá comparecer à CPI do Previpalmas na Câmara Municipal de Palmas nesta terça-feira, 6, para prestar depoimento.

Na postagem Amastha diz, “Bom dia Tocantins. Hoje vamos depor na CPI que investiga possíveis desvios de conduta de agentes públicos na gestão do Previpalmas. Vale a pena comparecer e entender como lidamos com o dinheiro público. As 16:00 na Câmara Municipal”.

O depoimento do ex-prefeito é um dos mais aguardados da comissão, já que Amastha é apontado como o principal responsável por supostas aplicações irregulares do Previpalmas no valor total de R$ 50 milhões - dos quais R$ 30 milhões foram investidos no Fundo Cais Mauá e outros R$ 20 milhões em um fundo de multicrédito chamado Tercon. Entre as irregularidades estão descumprimentos de normas e limites e certidões vencidas.

O depoimento do ex-prefeito havia sido previsto inicialmente para a semana passada, mas foi adiado para que outros depoentes também pudessem comparecer à sessão. Além de Amastha também serão ouvidos o presidente do Conselho Municipal de Previdência, Eron Bringel Coelho, e o atual presidente do PreviPalmas, Carlos Júnior Spegiorin Silveira.

A sessão acontece às 16h desta terça-feira, 6, na no plenário da Câmara Municipal de Palmas.