Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Esporte

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Após três anos afastado das competições, o judoca Fred Guerra volta aos tatames nesta sexta-feira, 14, no circuito nacional de Judô. O tocantinense, que já chegou a liderar o ranking nacional, desistiu da aposentadoria e luta a primeira etapa do circuito nacional master na Copa Bahia Open de Judô neste fim de semana, em Salvador/BA.

“Tive que me concentrar em alguns desafios profissionais e familiares e acabei me afastando das competições, mas pelo menos me mantive treinando nesse período. O que sei é que o ‘vírus’ da competição nunca me abandonou”, conta Guerra, que este ano completa 20 anos defendendo a bandeira do Tocantins.

O atleta vê a Copa Bahia como um primeiro estágio do processo de voltar a sua melhor forma competitiva. “Pelo menos o peso, que é o primeiro grande adversário quando se dá um tempo nas competições, está sob controle”, contou o atleta do Judô Guerra. 

Segundo o atleta, nessa primeira etapa, o objetivo vai ser reprogramar a mente, para, ao longo do ano, "estar lutando de igual para igual com meus principais adversários”, contou Guerra, destacando a dificuldade da categoria, que tem três campeões mundiais e um vice.

A Copa Bahia já conta com mais de 1.000 pré-inscritos de todos os cantos do Brasil.

Perfil do Judoca

- Nome: Frederico Guerra

- Categoria: M4 (45 a 49 anos)

- Peso Meio-Leve (até 66 kg)

- Graduação: Faixa Preta 3º dan de Judô e Faixa Preta de Jiu-jitsu.

- Diferenciais: Experiência competitiva e técnicas de luta de solo.

- Principais títulos: Campeão Sulamericano 2009, Campeão Panamericano 2007, Bronze Mundial 2009 e 2010, Campeão Mundial por Equipes 2009.