Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Universo Gospel

Catedral de Palmas

Catedral de Palmas Foto: Divulgação

Foto: Divulgação Catedral de Palmas Catedral de Palmas

Após receber críticas por realizar uma missa de celebração a São José, padroeiro de Palmas/TO, nesta quinta-feira, 19, mesmo após decreto municipal que suspendeu tais eventos, a Igreja Católica no Tocantins decidiu suspender celebrações em todo o estado que sejam abertas ao público em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Conforme nota divulgada à imprensa, as missas deverão ser realizadas nas Paróquias de portas fechadas em a presença do povo, exceto de uma pequena Equipe de canto e de celebração, nos horários determinados por cada Pároco”.

A decisão foi tomada em reunião entre os bispos de todo o estado com o arcebispo Dom Pedro Brito Guimarães. Com o fechamento das celebrações ao público, os fieis poderão acompanhar as missas pela TV, ou rádios católicas, conforme orientação da arquidiocese.

Já no caso de casamentos e batizados, a orientação é de que sejam adiados. Caso não seja possível, tais eventos deverão ocorrer a portas fechadas com, no máximo, dez pessoas. A restrição de público fale também para velórios. Novos eventos não deverão ser agendados por tempo indeterminado.

Entretanto, as igrejas deverão ficar abertas durante o dia e a noite para que as pessoas que podem sair de casa possam buscar os locais como forma de consolo e aconselhamento. Atendimentos individuais aos fieis também serão mantidos. Foram cancelados os mutirões de confissões agendados para o período de quaresma.

As medidas, segundo a nota, levam em consideração decretos municipais e estaduais, e passam a valer a partir desta sexta-feira, 20.