Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Esporte

Foto: Marcio Vieira

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, assinou nesta quarta-feira, 27, na sala de reuniões da Seduc, o Termo de Cooperação com a Federação Tocantinense de Desporto Escolar (FTDE) para que o Tocantins possa participar dos Jogos Escolares Brasileiros 2021 (JEBs), na categoria de 12 a 14 anos.

O evento é realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Secretaria Especial do Esporte, órgão vinculado ao Ministério da Cidadania. A expectativa é que oito mil estudantes de todo o país participem da competição estudantil, programada para acontecer em outubro de 2021, na cidade olímpica, no Rio de Janeiro, com disputas em diversas modalidades.

Na oportunidade, a CBDE apresentou, verbalmente, uma proposta para que o Tocantins possa participar dos Jogos Escolares Brasileiros. O CBDE busca garantir a participação dos alunos por estado com todas as despesas da competição nacional pagas pela Confederação. Em contrapartida, a proposta prevê que o Estado, em parceria com a FTDA, realize as etapas classificatórias para a nacional, por meio dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets).

Para a secretária Adriana Aguiar, a parceria fortalece o esporte escolar. “Estou feliz e lisonjeada em poder assinar este termo. São iniciativas como estas que funcionam como instrumento de transformação e fazem o elo entre a Educação, o esporte e o trabalho social”, destacou a gestora da Pasta.

De acordo com o presidente da CBDE, Antônio Hora, “o evento tem como principal objetivo usar o esporte como ferramenta de igualdade, educação e proteção social, além de ser um marco da retomada do esporte brasileiro num momento pós-pandemia, que conta com o apoio do Governo Federal para aproximar também os Estados por meio desta iniciativa”.

O presidente da FTDE ressaltou a oportunidade que alunos e professores terão em participar do evento nacional. “Reconhecemos o trabalho que a Seduc vem realizando há 30 anos com os Jets e juntamente com a CBDE. Essa parceria vai fortalecer o trabalho e dar melhores condições para que nossos alunos e professores possam participar da etapa nacional com tudo pago. O esporte começa na escola e nós já temos no Estado alguns atletas que já foram em competições mundiais”, afirmou Luís Cláudio Pereira dos Santos.

Segundo o superintendente de Esporte, Juventude e Lazer da Seduc, Clay Rios, “os professores da rede estadual e equipe técnica estavam com uma grande expectativa do retorno dos Jogos Escolares Brasileiros. O Estado tem uma participação anual de mais de 18 mil atletas nos Jets e não poderia ficar de fora dessa competição nacional tão importante para o fomento do esporte na escola”, frisou.

JEBs

A competição estudantil possibilitará aos atletas escolares a oportunidade de vivenciar um intercâmbio esportivo nacional, em que colocarão em prática os valores do esporte e o espírito esportivo.

São disputadas modalidades individuais: atletismo adaptado, badminton, ciclismo, ginástica artística, ginástica rítmica, karatê (Graduação mínima – 6º Kyu e acima), judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, wrestling e xadrez; e coletivas: basquetebol, futsal, handebol, voleibol e vôlei de praia.

Presenças

Estiveram presentes no encontro em Palmas, o presidente da FTDE, Luís Cláudio Pereira dos Santos; os membros da CBDE: o presidente Antônio Hora Filho; o vice-presidente Robson Aguiar; e o advogado Gabriel Pereira Faustino, além do secretário executivo da Seduc, Robson Vila Nova Lopes; do superintendente de Esporte, Juventude e Lazer, Clay Rios, e do diretor de Esporte e Lazer, Luciano Alves Oliveira.