Estado

Foto: Aldemar Ribeiro

Foto: Aldemar Ribeiro

O Governo do Tocantins, por meio da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), iniciou o ano de 2023 com foco em uma gestão voltada para a transformação digital do Estado. O objetivo é modernizar os serviços que são oferecidos para a população e torná-los mais ágeis, podendo ser acessados pelo meio digital. Além disso, a disponibilização de sistemas, ferramentas de qualidade e todo apoio voltado para infraestrutura tecnológica têm otimizado as atividades administrativas dos servidores públicos estaduais.

Neste semestre, o grande marco para impulsionar a tecnologia foi a instituição do Comitê de Gestão e Governança Digital, criado por meio do Decreto n° 6.637, com a proposta de auxiliar estrategicamente o Conselho de Governança Pública (Cgov) na implementação das ações e no uso de recursos relacionados à Tecnologia da Informação (TI). O Comitê é fruto da missão institucional para a Estônia e a Finlândia, realizada de 28 de maio a 2 de junho deste ano, que teve a participação efetiva de gestores do Governo do Tocantins. Durante a agenda de trabalho nos países, foram discutidas as melhores práticas da transformação digital no setor público, realizadas visitas técnicas e uma imersão de três dias na E-Governance Conference.

No âmbito das atividades administrativas, a ATI tem disponibilizado sistemas que dinamizam os trabalhos. Entre eles, está o Sistema de Gestão de Documentos (SGD) 2.0. Além do novo layout, funcionalidades modernas têm possibilitado mais agilidade no serviço público estadual e a economia de papel, uma vez que, por meio dele, é possível criar, editar e tramitar processos e documentos para múltiplas unidades.

O governador Wanderlei Barbosa destaca que a gestão tem buscado soluções e serviços digitais para melhorar a eficiência da administração pública tocantinense. “Já estamos fazendo a digitalização dos nossos serviços, mas nosso objetivo é a integração para servir bem a população tocantinense”, expressa Wanderlei Barbosa.

A Agência também viabilizou a capacitação do seu quadro de servidores em Acordo de Cooperação Técnica celebrado com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) que propõe descontos de 20% em cursos de Formação Inicial e Continuada e visitas técnicas. A atual gestão também atendeu à demanda antiga dos servidores em TI que foi estudar e reavaliar a sua estrutura com base na reestruturação dos cargos e carreiras dos profissionais, em parceria com a Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan) e Secretaria de Estado da Administração (Secad).

Todas essas ações são pautadas em um modelo de gestão voltado para parcerias integradas com as secretarias e as autarquias, com foco em ações, governança, integração e resultado: o Programa Agir. Com o programa, a ATI tem o grande objetivo de alavancar as atividades da Agência e transformá-las em uma gestão mais próspera no sentido de entregar os melhores resultados para a população tocantinense e parceiros. Em seis meses, a Agência avançou nessa proposta, uma vez que o Governo tem priorizado a tecnologia da informação, buscado boas práticas e, a cada dia, feito do Tocantins um Estado mais ágil, moderno e inteligente.

Segurança Cibernética

A Agência ainda fortaleceu a segurança cibernética do Estado, por meio da aquisição e da implantação do Firewall NGFW (Next Generation Firewall), uma solução de última geração que oferece uma série de benefícios e garante a proteção dos dados, preservando a confidencialidade e a integridade das informações sensíveis.

Com a implantação do Firewall NGFW, as informações governamentais estarão protegidas contra as ameaças virtuais, e abrange toda a infraestrutura de rede dos órgãos da Administração Direta e Indireta do Governo do Tocantins, incluindo dispositivos físicos e virtuais, conexões de rede e aplicativos e dados em trânsito, garantindo ampla cobertura.

Apoios técnicos

Uma das atribuições da ATI é prestar todo suporte tecnológico aos eventos realizados pelos órgãos do Governo. No Plano Plurianual 2024-2027 (PPA), os profissionais de Suporte e Manutenção têm prestado todos os serviços de cabeamento lógico, instalação de equipamentos de rede, configuração de roteadores wi-fi, montagem e configuração de computadores, tablets e impressoras em atendimento às consultas públicas realizadas nas sete regionais, como também para o PPA Participativo 2024-2027 do Governo Federal.

Na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2023), pela primeira vez, o público pôde desfrutar de um ambiente mais interativo e propício para negócios. Totens com QR Code distribuídos na praça de alimentação para o acesso à internet gratuita fizeram com que a ATI contabilizasse o total de 5.134 conexões feitas por 1.794 usuários. O saldo positivo fez com que a tecnologia fosse, posteriormente, disponibilizada em alta velocidade no auditório e na sala de reuniões do Palácio Araguaia Governador José Wilson Siqueira Campos.

Portal de Serviços

Ainda com foco na transformação digital, a ATI projeta, para o segundo semestre deste ano, lançar o Portal de Serviços, um ambiente que abrigará, inicialmente, 50 serviços digitais das secretarias e das autarquias do Governo do Tocantins. Já na fase de homologação, todas as ferramentas do sistema vêm sendo testadas pela equipe técnica responsável.

Para garantir que os serviços que serão ofertados no portal estejam em conformidade com as normas vigentes e sejam eficazes, uma Comissão Permanente de Análise e Controle de Qualidade dos Serviços Digitais foi instituída. Composta por servidores da Agência, é ela quem planejará e conduzirá, também, ações de análise, controle de qualidade e emitirá relatórios que darão suporte às tomadas de decisões da gestão.

“A ATI tem sido parceira das secretarias e das autarquias. Os trabalhos direcionados às melhorias contínuas evidenciam o compromisso do Governo do Tocantins em uma administração que tem como foco o cidadão tocantinense. Nesse sentido, planejamos, para o segundo semestre deste ano, a continuidade e o aprimoramento das nossas ações tendo como finalidade atender a determinação do governador Wanderlei Barbosa que é de garantir um estado mais tecnológico e que a população seja bem assistida”, finaliza o presidente da ATI, Alirio Felix. (Secom/TO)