Estado

Foto: Divulgação IBGE

Foto: Divulgação IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira, 14, a versão completa do Cadastro Nacional de Endereços para fins Estatísticos (CNEFE), especificamente os microdados com os principais atributos dos mais de 106,8 milhões de endereços do país. No estado, foram registrados pelo Censo 2022 851.437 deles.

Em fevereiro, o IBGE informou, pela primeira vez, as coordenadas geográficas de todas as espécies de endereços do país durante o evento realizado em Ponte Alta do Tocantins ‘Expedição IBGE Jalapão Tocantins’. Desta vez, informações mais detalhadas são complementares ao que foi posto na ocasião.

O CNEFE, organizado pela primeira vez desde 2005, é o principal acervo de endereços do país pela sua abrangência nacional. Atualizado de forma parcial pelas pesquisas amostrais do IBGE e, de forma mais completa, durante a realização dos censos demográficos. Além de atender às pesquisas, ele serve como auxílio para a comunidade externa e também poder público, já que o atual georreferenciamento total traz precisão aos dados.

Inclusive, durante o trabalho no Censo 2022, a lista prévia inicial apontava 89.327.652 endereços que, destes, 81,5% foram confirmados e 18,5% excluídos durante a coleta. No decorrer do levantamento, com a contribuição de mais de 120 mil recenseadores, foram acrescentados 33.992.241 endereços no acervo.

Tocantins tem 45,5% dos endereços sem número e 52,2% de logradouros sem nome

Um dos atributos divulgados pelo CNEFE foi o de identificação dos endereços. Do total, o estado teve 357.805 deles sem identificação numérica. Nacionalmente, foram contabilizados mais de 24,3 milhões nesta condição.

Quanto ao nome ou título dos logradouros no estado, 30.828 não tem denominação. O mais comum entre os nomeados foi ‘dois’, com 4.380. Em seguida vieram ‘um’, tendo 3.034; ‘A’, com 2.856; e ‘Sete de setembro’, possuindo 2.830 denominações. No Brasil, o nome mais comum é ‘principal’, com 2,66 milhões de ocorrências.

Eduardo Baptista, gerente do CNEFE, apontou sobre o lado social na identificação desses dados. “O endereço é também um indicador de cidadania. Isso significa que o cidadão que vive em um endereço sem número ou em uma rua, ou avenida sem denominação está sofrendo algum tipo de déficit na sua cidadania, pela não formalização daquele endereço ou logradouro pelo poder público municipal”, disse.

Sobre os termos mais utilizados nos nomes, o mais presente no Tocantins é ‘são’ com 14.907 registros. Após ele vem ‘santa’, constando em 6.535 e ‘presidente’, que aparece em 3.917 denominações.

Em relação ao tipo de logradouro no estado, 402.394 são classificados como ‘rua’, o que representa 53,3% de todos eles. Em seguida, são 147.987 ‘avenida’, 73.201 ‘alameda’ e 58.127 como ‘estrada’.

Tocantins possui mais de 24 mil endereços localizados em condomínios

O estado registrou 24.456 endereços em arranjos condominiais, segundo o IBGE. Dentre eles, 7.035 estão em condomínios com entre 6 e 20 endereços, 3.737 em condomínios com entre 21 e 50 endereços, 4.398 com 100 endereços e 9.286 estão em condomínios com mais de 100 endereços.