Estado

Foto: Sispen/TO Coronel Glauber e o chefe Wellsson Rego da CPP de Paraíso conferem andamento de obras na unidade prisional Coronel Glauber e o chefe Wellsson Rego da CPP de Paraíso conferem andamento de obras na unidade prisional

Entre construção, reforma e ampliação de espaços, a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Paraíso está passando por diversas melhorias. Nesse sentido, o secretário de Estado da Cidadania e Justiça, coronel Glauber de Oliveira, visitou a unidade para acompanhar o andamento dos benefícios que serão ofertados tanto aos apenados quanto aos servidores, nesse último sábado, 03. A inauguração está prevista ainda para este mês de março.

“O Sistema Penitenciário Prisional está sendo aprimorado em todo o estado e em todos os aspectos. A CPP de Paraíso é mais um exemplo disso, pois temos melhorias sendo feitas tanto no âmbito estrutural e de segurança, como também em capacitação e ressocialização dos reeducandos”, explicou o secretário, ao ver de perto as novas instalações da unidade em processo de finalização.

A CPP de Paraíso contém uma população de 173 reeducandos em regime fechado e 47 no regime semiaberto. Para auxiliar na redistribuição interna, está sendo construído um novo pavilhão para o regime fechado, além dos três que a unidade já tem atualmente. Também está em aplicação a capacidade de reeducandos para o regime semiaberto, além da construção de um banho de sol específico para presos desta medida.

A unidade também receberá todos os equipamentos para instalação de uma Fábrica de Concreto, para a qual já está sendo construída toda a estrutura necessária. A Fábrica atenderá os reeducandos do regime semiaberto da própria CPP. E ainda, para aprimorar o atendimento especializado aos reeducandos, está em construção um novo ambulatório médico e odontológico e também uma cela especial, em conformidade com a Lei de Execução Penal (LEP) e Código Penal Brasileiro.

O chefe da unidade, Wellsson Rego da Silva, explicou que a unidade vem sendo melhorada há três anos consecutivamente. “Hoje temos uma unidade bem mais segura e com rotina mais otimizada. Temos sistema de segurança aérea, sistema de monitoramento, capacitação contínua dos servidores e melhorias para acomodação dos reeducandos. O Governo do Estado e os outros Poderes têm ajudado para que a CPP de Paraíso esteja se tornando referência”, disse.

Wellsson ainda relembrou que está em andamento o processo para a instalação de um novo monitoramento local e que, atualmente, os reeducandos do regime semiaberto também contam com o ponto biométrico para fiscalização da entrada e saída individual.

A implantação de todas essas melhorias resulta de uma articulação e de uma parceria entre o Poder Judiciário e o Governo do Estado, bem como o Ministério Público Estadual, que entendem que a união de esforços, por meio da gestão compartilhada, é o caminho para resolver demandas do Sistema Prisional.