Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­tica

Foto: Divulgação Encontro municipalista durante a marcha realizada em 2016 Encontro municipalista durante a marcha realizada em 2016

Dezenas de prefeitos tocantinenses já se encontram em Brasília para a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que se inicia nesta segunda-feira, 21, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB). Mobilizados pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os prefeitos buscam na capital federal a defesa dos interesses municipalistas nos três poderes, além de mais recursos aos cofres municipais.

Segundo a Confederação Nacional de Municípios (ATM), organizadora do encontro, oito pré-candidatos à presidência da República já confirmam presença na Marcha. O evento deste ano reserva dois momentos para receber os presidenciáveis e debater as prioridades dos governos locais e as necessidades de mudanças estruturais da federação brasileira. Os painéis ocorrem nos dias 22 e 23, a partir das 14h.

Pré-candidatos

Na programação do evento estão previstos quatro pré-candidatos por dia. Na terça-feira, 22, os municipalistas receberão, em painéis individuais, Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), e Manuela D’Ávila (PCdoB). Já no dia 23, confirmaram presença Jair Bolsonaro (PSL), Afif Domingos (PSD), Geraldo Alckmin (PSDB) e Henrique Meirelles (MDB). Ainda na quarta-feira, está programada a leitura de uma carta de Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT.

Após exposição, os presidenciáveis responderão questionamentos sobre os principais problemas enfrentados atualmente nos Municípios, de Norte a Sul do País, inclusive em relação à partilha de competências e dos recursos entre os Entes federados. Além de conhecer as propostas de governo, a expectativa do movimento municipalista é obter do futuro presidente da República o compromisso com a causa municipalista.

Força

O presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, enfatizou que a Marcha representa a força dos Municípios na federação brasileira. “É por meio da Marcha que reduzimos a desigualdade entre União, Estados e Municípios; angariamos recursos aos cofres municipais e, principalmente, levamos o clamor das comunidades locais ao presidente da república, congressistas e ministros de justiça”, explicou. Do Tocantins, estão inscritos 160 participantes, sendo 74 prefeitos, e 86 municipalistas, divididos entre vice-prefeitos, vereadores, secretários e servidores municipais.

O encontro vai até essa quinta-feira, 24.

Clique aqui e confira a programação do encontro.