Polí­tica

Foto: Divulgação A proposta é criar o cartão de vacinação eletrônico na capital A proposta é criar o cartão de vacinação eletrônico na capital

Um projeto de lei protocolado na Câmara Municipal de Palmas pretende criar o cartão de vacinação eletrônico na capital. A proposta é de autoria do vereador Léo Barbosa (SD), vice-presidente da Casa de Leis, e poderá trazer muitos benefícios aos cidadãos.

De acordo com a matéria apresentada, com a carteira de vacina eletrônica será possível acompanhar pela internet quais doses foram tomadas e garantir maior efetividade no controle de imunização. Os dados referentes à vacinação devem ser salvos em um banco de dados em qualquer unidade de saúde de Palmas.

O vereador defende que a medida pode facilitar a vida do cidadão, que muitas vezes perde o registro e acaba deixando de se imunizar ou tomando várias vezes a mesma dose. “Temos acompanhado a rápida evolução das tecnologias da informação e esse projeto será muito importante para aperfeiçoar os serviços prestados aos palmenses”, ressaltou.

Ainda conforme a proposta, a informatização dos cartões também pode ajudar a reduzir gastos com vacinação sem necessidade e caberá à Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) a criação de tal banco e a estrutura necessária para implantação da medida.