Polí­tica

Foto: Charles Gomes

Durante sessão realizada nesta última quarta-feira, 20, o deputado Osires Damaso solicitou ao Governo do Estado do Tocantins que reveja a alteração de referenciamento de usuários do SUS de Campos Lindos, que teve modificada a cidade de referência, passando de Araguaína para Xambioá. Para o deputado, ao invés de corrigir deficiências no atendimento, tal alteração cria transtornos de locomoção para a população.

Damaso foi procurado pelo secretário municipal de saúde de Campos Lindos, Eliaquim Ferreira Mendonça, sob a alegação de que há aproximadamente 15 dias o Hospital Regional de Araguaína tem se recusado a atender pacientes de média complexidade encaminhados do município e que funcionários têm informando que agora o hospital de referência é o de Xambioá, cidade situada a quase 400 quilômetros de Campos Lindos.

Diante da alegação, o deputado argumentou em plenário que “o Hospital Regional de Araguaína é tido como o de referência para Campos Lindos e região, visto que a saúde nos municípios não conta com equipamentos para tratamento de pacientes de média e alta complexidade e por isso direciona os atendimentos para o Hospital Regional de Araguaína de maneira pactuada para que a população receba o devido atendimento referenciado” e enfatizou que “fazer com que as pessoas tenham que se deslocar ainda mais para obter o tratamento de saúde adequado é um desrespeito com o cidadão”, pontuou Osires Damaso.

Demais deputados presentes no plenário da Assembleia Legislativa, como Vilmar de Oliveira e Elenil da Penha, concordaram com Damaso e complementaram que a população está clamando por atendimento médico e que a realidade da saúde no Tocantins não condiz com a propaganda feita pelo governo.