Campo

Foto: Delfino Miranda Recebimento Itinerante no projeto São João Recebimento Itinerante no projeto São João

Dados da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) apontam que no primeiro semestre deste ano, o projeto de recebimento itinerante (RI) de embalagens vazias de agrotóxicos foram devolvidas 11.469 embalagens, com o envolvimento direto de 367 pequenos produtores rurais, em 13 munícipios onde foram realizadas edições do projeto.

O projeto possui como público alvo, os pequenos produtores rurais da agricultura familiar, que em muitos casos não possuem condições de se deslocarem até um posto de recebimento para fazer a devolução correta das embalagens. É realizado em parceria pelo Governo do Estado, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), associações de revendas, prefeituras e sindicatos rurais. Para o ano de 2018 foi definida a realização de 20 edições do projeto em várias regiões do estado.

O presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha, comemorou o resultado alcançado neste primeiro semestre. “Empenhamos o máximo, junto com nossos parceiros, para atendermos os pequenos produtores rurais neste projeto, e os resultados na devolução de embalagens vazias de agrotóxicos foram bastante satisfatórios, pois além de atender os agricultores, estamos retirando este passivo do meio ambiente”, ressaltou Alberto.

O responsável técnico pelo Programa Estadual de Agrotóxicos da Adapec, Juliano Milhomem, disse que o projeto voltará no segundo semestre com a realização de mais sete edições, em diversas regiões. “No segundo semestre atenderemos os municípios de Xambioá, Wanderlâdia, Santa Fé, Itacajá, Divinópolis, Barrolândia e Araguaçu”, revelou Juliano.