Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Estado

Foto: Adilvan Nogueira

O Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Estado do Tocantins (SIMAM/TO) é o vencedor da etapa estadual da 1ª edição do Prêmio Nacional de Boas Práticas Sindicais realizado por meio da parceria entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e as federações de indústrias dos estados. Para reconhecer a prática da Parametrização de Preços implantada pelo sindicato, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Roberto Pires, entregou um troféu e um notebook como premiação ao presidente do SIME/TO, Geová de Mendonça, em reunião realizada nesta quarta-feira, 27, em Palmas.

O prêmio visa divulgar e valorizar projetos e ações sindicais que gerem valor para as empresas do setor e contribuam para o fortalecimento do Sistema de Representação da Indústria. “A iniciativa vai além da valorização das boas práticas, pois proporciona aos sindicatos o acesso fácil e direto a projetos e ações que estão dando certo. Sabemos que os gargalos do setor industrial são semelhantes em todo o país e a busca por soluções pode e deve ser feita de forma coletiva que é o que propomos com o associativismo”, disse o presidente da Fieto, Roberto Pires.

A boa prática vencedora, a Parametrização de Preços, surgiu da necessidade de estabelecer preço justo para o segmento, de forma que os associados tenham uma referência de valores que proporcione a justa concorrência. O presidente do sindicato vencedor, Geová de Mendonça, explicou que a parametrização é um instrumento necessário ao segmento, pois não existia uma padronização de produtos e preços até então.

Para realizá-la, ele contou que foi criada uma comissão com 14 empresas participantes que definiu o tipo de produto a ser apresentado e seus preços de acordo com o formato e tipo de material aplicado. “Criou-se com essas especificidades de cada produto um preço para dar um norte às empresas na geração de seus orçamentos para que ele seja aplicado de forma segura. Foi muito bem recebida a prática. O mercado é que dita o preço, mas a parametrização dá um norte e foi muito bem aceita pelos empresários”, disse.

O tema escolhido para esta edição do Prêmio é Sustentabilidade Sindical, tendo em vista que assegurar a sustentabilidade é hoje o maior desafio dos sindicatos empresariais da indústria. A premiação do vencedor nacional acontece durante o Encontro Nacional da Indústria, dia 3 de julho, que reunirá representantes sindicais de todo o país. As ações inscritas pelos sindicatos são avaliadas por uma banca examinadora e as melhores pontuadas ganham a premiação.