Meio Ambiente

Foto: Marcos Filho Sandes  Todos que possuem propriedades fazendas, chácaras ou sítios devem se cadastrar Todos que possuem propriedades fazendas, chácaras ou sítios devem se cadastrar

Os proprietários de imóveis rurais que ainda não fizeram o Cadastro Ambiental Rural (CAR) têm a oportunidade de realizar o censo gratuitamente, a partir da próxima segunda-feira, 9, até o dia 13 de julho, na Prefeitura de Araguaína. Neste período, uma equipe de consultores atenderá na Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, das 8 às 18 horas.

Todos que possuem propriedades fazendas, chácaras ou sítios devem se cadastrar. Estão dispensados do cadastramento apenas áreas indígenas, quilombolas e propriedades que são de responsabilidade do Incra. É necessária a apresentação dos documentos pessoais e o título/escritura ou contrato de compra e venda do imóvel.

De acordo com o analista de processamento do Consórcio Capim Dourado, Welton Silva, o prazo final para realização do CAR é dezembro. “Depois desse prazo quem não atualizou as informações pode sofrer penalidades. Vale lembrar que, quem tem imóveis de até 320 hectares pode realizar o cadastramento gratuitamente”.

CAR


O CAR é um registro eletrônico que visa monitorar todas as informações ambientais de Áreas de Preservação Permanente (APP), das Áreas de Reserva Legal, das Florestas e dos Remanescentes de Vegetação Nativa, das Áreas de Uso Restrito e das áreas consolidadas das propriedades e posses rurais em todo o país. Com dados do Governo do Estado, o cadastramento será realizado em 127 cidades.

O Cadastro é regulamentado pelo Ministério do Meio Ambiente. No Tocantins, o cadastro está sendo realizado pelo Consórcio Capim Dourado, supervisionado e desenvolvido pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), com o apoio das secretarias do Meio Ambiente de cada município.