Educação

Foto: Divulgação

A partir do 1º semestre de 2019 o processo seletivo para ingresso nos cursos de graduação regulares da Universidade Federal do Tocantins (UFT) será modificado. Por decisão do Conselho Universitário da UFT (Consuni), 50% do ingresso será por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e outros 50% por meio de Vestibular e/ou outros processos seletivos.

 A pauta foi aprovada pelo Conselho Superior (Consuni) na sexta-feira, 29, sendo previamente discutida entre a equipe gestora e a Comunidade Acadêmica e proposta pela Pró-reitoria de Graduação, segundo documento de inclusão de pauta do dia 25 de junho.

A decisão revoga a Resolução 13/2013 e reduz a participação da UFT no Sistema de Seleção Unificada para 50% das vagas a partir do 1º semestre de 2019 em todos os cursos de graduação regulares presenciais da UFT, exceto Letras-Libras (Porto Nacional) e Educação do Campo (câmpus de Tocantinópolis e Arraias), que têm processos seletivos específicos. 

A Resolução mantém as cotas de 5% para indígenas e 5% para quilombolas, conforme portarias e resoluções anteriores do Ministério da Educação e do próprio Consuni.

Link da resolução: http://docs.uft.edu.br/share/s/UseNdO6URYyI4fOZNjuGHg