Polí­tica

Foto: Adenauer Cunha Encontro com lideranças foi a portas fechadas Encontro com lideranças foi a portas fechadas
  • Reunião aconteceu na chácara da senadora em Palmas

A senadora Kátia Abreu (PDT) recebeu na manhã desta sexta-feira, 6, em sua residência em Palmas lideranças políticas de diversos partidos para uma reunião. O encontro foi fechado à imprensa, mas a informação é de que seria um encontro para reunir opositores ao grupo que ganhou a eleição suplementar para governador do Tocantins no mês passado encabeçado por Mauro Carlesse tendo como vice-governador, Wanderlei Barbosa.

Especula-se que a reunião com as oposições seja uma estratégia para unir forças para um possível “chapão” de oposição à Carlesse nas eleições de outubro. A reunião articulada pela senadora Kátia Abreu, contou com a participação de 13 partidos políticos (PR, PV, PMB, PDT, PSD, Patriota, PSC, Avante, PSB, PC do B, Podemos, PTB E Rede).

Tanto Carlos Amastha (PSB) quanto Vicentinho Alves (PR), Márlon Reis (Rede) e Mário Lúcio Avelar (Psol) – que concorreram à suplementar - foram convidados para a reunião. Carlos Amastha chegou a confirmar presença mas não compareceu e enviou como representantes seu ex-secretário Adir Gentil e o vereador Tiago Andrino. Já a assessoria de Vicentinho Alves confirmou a participação do senador no encontro.

Márlon Reis, que está em viagem, também não participou. Em seu lugar quem participou, como representante, foi o professor Élvio Quirino. Mário Lúcio Avelar não esteve presente por decisão do partido. 

Ao final, ficou encaminhada uma nova reunião, que irá acontecer no próximo domingo, 8, às 18h, em Palmas, para dar continuidade às discussões. (Atualizada às 18 horas)