Economia

Foto: Divulgação  o nível de consumo atual dos palmenses sofreu uma retração de 5,6%, em comparação com o resultado de junho o nível de consumo atual dos palmenses sofreu uma retração de 5,6%, em comparação com o resultado de junho

 A pesquisa Intenção de Consumo das Famílias (ICF) referente ao mês de julho mostrou que o nível de consumo atual dos palmenses, que analisa se o consumidor está comprando mais ou menos em relação ao mesmo período do ano anterior, sofreu uma retração de 5,6%, em comparação com o resultado de junho.

As informações são divulgadas pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em parceria com a Fecomércio Tocantins. “O mês de julho é marcado pelas férias e recessos, que fazem com que muitos moradores da capital se desloquem para o interior e outros estados, causando uma queda natural no consumo”, explicou a assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso.

O índice geral da pesquisa também apresentou recuo na comparação mensal, de -1,7%. Já em relação ao mesmo período do ano passado, o índice cresceu 4,84%. “Isso mostra que, apesar das quedas, ainda estamos em processo de recuperação e apresentando alguns sinais positivos diante da crise vivida há poucos meses”, completou a assessora.

Resultados Positivos

Dos sete itens avaliados, dois apresentaram variações mensais positivas: o que avalia a satisfação do consumidor em relação ao emprego atual, com crescimento de 1,2%, destacando os 71,2% dos respondentes que se sentem mais seguros nos empregos; e o que analisa se o momento é bom para compra de bens duráveis, com aumento de 0,2%, já que em julho 30,7% dos consumidores apontaram que esta é uma boa ocasião para adquirir produtos como eletrodomésticos.

Por: Redação

Tags: CNC, Fabiane Cappellesso, Fecomércio