Polí­tica

Foto: Divulgação Executiva do PSB durante reunião nesta quarta Executiva do PSB durante reunião nesta quarta

O ex-prefeito de Palmas e pré-candidato ao Governo do Estado, Carlos Amastha (PSB), usou sua conta no microblog Twitter para falar sobre a aliança de seu partido, o PSB, com o PSDB de Ataídes Oliveira para as eleições de outubro. Na postagem ele confirma o nome de Oswaldo Stival como pré-candidato a vice-governador em sua chapa, mas não cita o nome de Ataídes para o Senado. “Empresário Osvaldo Stival,como vice-governador na nossa chapa, consolida a construção de uma realidade que garanta a transformação do Estado [sic]”, tuitou o ex-prefeito que completou, “Não abro mão dos melhores, independente de partidos”.

No final desta quarta-feira, 18, o PSDB enviou release à imprensa confirmando a aliança com o PSB. No material há uma manifestação de Amastha que teria dito durante a reunião, “Não se mexe em time vencedor e o PSDB vai ocupar os dois cargos mais importantes – vice-governador e o senador Ataídes, que concorrerá à reeleição ao Senado”. Na composição Amastha encabeça a chapa como candidato ao governo, Stival como vice e Ataídes como candidato ao Senado.

No mesmo dia mais cedo, o PSB também havia soltado um release que dizia que o partido estava aberto a novas alianças e confirmava o ex-reitor da Universidade Federal do Tocantins, Alan Barbiero (PSB), como pré-candidato ao senado.

A incompatibilidade das informações divulgadas por ambas as legendas coloca em xeque o lugar de Barbiero na chapa, já que, provavelmente, o outro candidato ao Senado na chapa de Amastha é o senador Vicentinho Alves (PR), que já marcou a convenção de seu partido para mesma data e local da convenção do PSB - 5 de agosto no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho.

Alan Barbiero

Ao Conexão Tocantins, Alan Barbiero afirmou que sua pretensão é o Senado e disse que não cogita concorrer a outro cargo. Mas ressaltou a importância da composição com o PSDB. “Ontem tivemos aquela reunião com aquele resultado e da reunião foi confirmada essa movimentação com o PSDB e o ‘governador’ conseguiu algo importante… a gente queria ter o PSDB como parceiro, como aliado. Então foi um movimento que o PSB tinha conhecimento, inclusive orientado pelo próprio ‘governador’ Amastha”.

Barbiero disse ainda que, apesar dos últimos acordos, a composição definitiva da chapa só será conhecida na convenção. “Acredito que as definições mesmo serão no dia 5 e ainda tem muita água pra rolar até lá. Então vamos acompanhar as movimentações”, enfatizou.