Geral

Foto: Marcio Greike

Os acadêmicos do 1º período de Direito da Unest-União Educacional de Ensino Superior do Médio Tocantins em Paraíso do Tocantins,  fizeram uma "vaquinha" para resolver problema do mau cheiro provocado por uma vaca morta que caiu em uma cisterna, há uma semana,  no setor Vila Regina, em Paraíso do Tocantins.

Com os R$ 120 reais arrecadados, eles contrataram de uma empresa particular,  uma máquina e um  operador de retroescavadeira, que executou a limpeza do local na tarde desta terça-feira, 7. 

A iniciativa partiu dos alunos  do 1º período do  Curso de Direito da Unest- Paraiso do Tocantins, que se solidarizaram com os moradores do bairro Vila Regina e resolveram ajudá-los, ao tomarem conhecimento  do problema, provocado por uma vaca que caiu dentro de uma  cisterna, em uma área verde,  há mais de uma semana,no bairro.

O problema foi levado por uma moradora do bairro até o poder público municipal mas não foi resolvido. Então, os acadêmicos  arregaçaram as mangas e fizeram literalmente uma “vaquinha” e com os R$ 120 reais arrecadados, contrataram um operador de retroescavadeira, que executou a limpeza do local na tarde desta terça-feira, 7, acompanhado dos acadêmicos de Direito, Lucas Moreira de Souza e Marcio Greick Alencar. 

Para o acadêmico de Direito, Marcio Greick a iniciativa dos colegas em ajudar a comunidade, demonstra o espírito de justiça que se aflora nos estudantes ao tomarem  conhecimento da lei. “Como futuros operadores do Direito, estamos comprometidos para que tenhamos uma sociedade mais justa e igualitária, ao exercermos o nosso dever- cidadão  para com o próximo, em  que pese, ao  mesmo tempo,  estamos defendendo a dignidade da pessoa humana”, disse

Entenda o caso

O mau cheiro provocado pela vaca, que caiu em cisterna abandonada, incomodava moradores do bairro Vila Regina, em Paraíso do Tocantins, há mais de uma semana.

A  moradora Vandecy Fialho, procurou poder público no início da semana para resolver o problema, porém não teve nenhum retorno do poder público. "Eu falei pessoalmente com o prefeito que pediu para o vice, resolver o problema, mas se passaram nove  dias e nada foi feito",disse 

Os moradores do bairro Vila Regina estavam há mais de uma semana   sofrendo com o mau cheiro.  A  vaca caiu em uma cisterna,  em uma área verde,  no bairro Vila Regina,em Paraiso do Tocantins, e já estava entrando em decomposição. 

A dona Irenildes Neres de Brito, estava muito preocupada, pois o  perigo maior era uma criança cair na cisterna abandonada. “Aqui tem  muitas crianças que banham na  lagoa ai nos fundos”, acrescentando que o mau cheiro estava  insuportável. “ Estava  difícil para  almoçar, jantar ou sentar na porta de casa  a noite, devido ao odor", disse

A indignação da moradora, Vandecy Fialho Silva do Nascimento, que  mora bem próximo à área verde, era com a omissão e ausência do poder público em resolver o problema que afetava a todos do bairro. A moradora  disse que perdeu  noites de sono devido ao mau cheiro. “Estava sem rumo, todo mundo reclamava do fedor, imagina eu que moro mais próximo? agradecendo a iniciativa dos acadêmicos. Obrigado, só Deus para recompensar todos vocês”, disse.