Polí­cia

Foto: SSP/TO

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Augustinópolis, com apoio da Delegacia de Polícia Civil daquela cidade, cumpriu na noite dessa terça-feira, 14, Mandado de Prisão Preventiva em desfavor de Sebastião L. de A., o qual foi indiciado pela prática do crime de Estupro de Vulnerável.

Conforme o delegado Regional Eduardo Morais Artiaga, o indivíduo é suspeito de abusar sexualmente de uma criança de apenas 11 anos de idade, neta de sua companheira. Ao ser ouvida, a vítima relatou que o autor aguardava sua avó sair para trabalhar para molestá-la sexualmente. Afirmando ainda, que os abusos ocorriam a mais de um ano.

Ainda segundo o delegado, após tomar conhecimento dos fatos, a Polícia Civil iniciou às investigações com o fim de identificar o autor e comprovar a materialidade delitiva da infração. Após exame pericial constatar lesões compatíveis com violência sexual e já identificado e qualificado o autor, houve a Representação pela Prisão Preventiva de Sebastião, que foi deferida e cumprida na noite dessa terça-feira, 14.

Vale ressaltar que a prisão do acusado ocorreu em menos de 48hs após a Polícia Civil tomar conhecimento da infração. Após ser preso, Sebastião foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Augustinópolis e, após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhido à Cadeia Pública daquela cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.