Estado

Foto: Divulgação Desabastecimento foi provocado por atraso em comboio que seguia pela Norte-Sul Desabastecimento foi provocado por atraso em comboio que seguia pela Norte-Sul

Apesar do desabastecimento de combustíveis em alguns postos de gasolina de Palmas e algumas cidades do interior do estado, o sindicato dos postos (Sindiposto) garante que o estado não irá passar por uma crise de desabastecimento e que a expectativa é de que já nesta quinta-feira, 23, a situação seja normalizada.

De acordo com o presidente do Sindiposto, Wilber Silvano, o problema aconteceu na cadeia de distribuição. “Houve um atraso no navio que transportava os combustíveis, o que atrasou o transporte pela ferrovia”, esclareceu.

Por causa do atraso foi preciso fazer um racionamento dos produtos, o que fez com que alguns distribuidores não conseguissem comprar combustível suficiente para completar os estoques, causando um desabastecimento.

Entretanto, o comboio que seguia pela Ferrovia Norte-Sul e acabou atrasando já chegou em Porto Nacional, onde fica a central de distribuição e o abastecimento deve ser normalizado em breve.

Comboio já chegou à central de distribuição em Porto Nacional e abastecimento será normalizado em breve

Alguns motoristas foram pegos de surpresa nesta quarta-feira quando chegaram logo cedo em alguns postos para completar o tanque. Eles ouviram dos frentistas que não havia gasolina nem álcool nas bombas para abastecer. Alguns motoristas ficaram assustados pensando se tratar de outra greve dos caminhoneiros, como a que causou desabastecimento em todo o país no mês de maio. “Achei que os caminhoneiros tinham feito outra greve e fiquei desesperado porque o carro tá na reserva, mas logo me informaram que o problema era pontual e procurei outro posto”, disse o representante comercial Antônio Feitosa.

Por: Adenauer Cunha

Tags: Desabastecimento, Sindiposto, Wilber Silvano