Polí­tica

Foto: Divulgação

A senadora e candidata a vice-presidência da República, Kátia Abreu (PDT), comentou a polêmica declaração do candidato a vice-presidente ao lado de Jair Bolsonaro (PSL), o general Mourão deu ao Estadão, afirmando que família sem pai e avô é "fábrica de desajustado".

“Infelizmente temos que conviver com uma oposição machista e desequilibrada. Onde diz que mãe e avó não criam homens e mulheres responsáveis e de sucesso”, afirmou a senadora.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 30 milhões de mulheres são responsáveis pela educação dos filhos e pela casa no Brasil.

Segundo Kátia Abreu, isso é um desrespeito com as famílias compostas por avós, mães solteiras, viúvas, mulheres abandonadas pelos maridos que precisam ser pai e mãe, ainda exercer papel em casa de educadora, enfermeira e psicóloga e por muitas vezes deixando de comer para deixar algo para seus filhos se alimentar. Hoje as mulheres mostram muito bem sua capacidade de cuidar de seus filhos ou netos sem a presença de um homem em casa.

“De onde saiu esse homem meu Deus do céu. Criei 3 filhos sozinha como milhares de mulheres no Brasil”, indagou Kátia Abreu, concluindo: "É essa dupla que quer governar o meu País".

Por: Redação

Tags: Eleições 2018, Kátia Abreu, Senado