Educação

Foto: Núbia Daiana Mota

Visando fortalecer o assessoramento aos municípios tocantinenses na área da Educação, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esporte (Seduc) realizaram, nesta sexta-feira, 28 de setembro, capacitação para os técnicos das 13 diretorias Regionais de Educação (DREs) que já atuam no apoio aos programas educacionais no âmbito municipal. A formação abrange os programas Busca Ativa e Selo Unicef município aprovado.

“Esta foi uma solicitação da secretária Adriana Aguiar, que atendemos prontamente, para que pudéssemos preparar os técnicos das regionais para dar esse suporte a todas as cidades. Essa é uma iniciativa inédita entre os estados. Acreditamos que os resultados no Tocantins serão bastante positivos e queremos levar para outras unidades da federação o exemplo da articulação e mobilização daqui”, frisou a chefe do Unicef na região Amazônica, Anyoli Sanabria.

Conforme a titular da Seduc, Adriana Aguiar, que é também Articuladora Estadual do Unicef, para que os objetivos das ações sejam atingidos, a união entre Estado e municípios é fundamental. “As nossas crianças e adolescentes são do Tocantins, independente do atendimento ser na rede municipal ou estadual. Por isso, estamos trabalhando para apoiar os 139 municípios, unindo as pastas da Educação, Saúde e Assistência Social e viabilizando formações como essa que irão facilitar a atuação de quem está lá na ponta”, enfatizou.  

Os programas

A Busca Ativa Escolar é uma plataforma gratuita desenvolvida para combater a exclusão escolar. A intenção do Unicef é apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. “O objetivo é trazer essas crianças de volta para a escola. Para isso, os municípios, apoiado pelo Estado, vão pesquisar e descobrir quais as causas de não estarem frequentando a escola. Em uma atuação conjunta, entre Saúde, Educação e Assistência Social, essas crianças são reconduzidas à escola e acompanhadas durante um ano, a fim de que deem prosseguimento à vida escolar”, explicou o oficial do Unicef, Ângelo Damas.

O selo Unicef Município Aprovado é um compromisso assumido por gestores municipais para desenvolver um conjunto de ações estratégicas que buscam promover os direitos das crianças e adolescentes. No Tocantins, 87 municípios aderiram ao selo em 2017 e aceitaram o desafio de produzir impactos positivos sobre a vida de suas crianças e adolescentes.

Para a técnica da DRE de Araguaína, Cristina Canedo, o trabalho da regional é fundamental para essa articulação com os municípios. “Como já existe uma relação mais próxima da DRE com os municípios jurisdicionados a ela, isso facilita o atendimento às cidades. A partir dessa formação, iremos atuar em conjunto, educação, saúde e assistência social, para identificar, buscar esses alunos e trabalhar para que ele permaneça na escola”, frisou.  

Agenda conjunta

Desde quinta-feira, 27, Unicef e Governo do Estado estão em agenda conjunta objetivando fortalecer as iniciativas que colaboram para a melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes tocantinenses. Além da capacitação para os técnicos das DREs, também estão sendo contemplados com formação sobre Selo Unicef município aprovado representantes de 11 cidades. Uma das ações mais relevantes foi a adesão do Tocantins ao programa Busca Ativa Escolar, assinada pelo governador Carlesse. Os representantes do Unicef também se reuniram com os gestores estaduais da Educação, Adriana Aguiar; da Saúde, Renato Jaime; e do Trabalho e Assistência Social, Wande Mary Oliveira, para tratarem da articulação dos programas da organização no Tocantins. (Ascom Seduc)