Campo

Foto: Divulgação

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Universidade Federal do Tocantins (UFT) estão promovendo, neste mês de outubro, um hackathon intitulado Desafios dos Peixes, ou Fish Challenges em inglês. Até o final do próximo dia 18, os interessados podem se inscrever por meio de um formulário on line – acesso disponível no final deste texto. O evento está marcado para os dias 19 e 20 de outubro, durante a XI Seccomp (Semana Acadêmica do Curso de Ciência da Computação da UFT), em Palmas.

Com a pergunta-tema “Como melhorar a experiência de pesca e aquicultura utilizando facilidades digitais no Tocantins?”, a ideia é que os participantes proponham soluções de tecnologia que ajudem no desenvolvimento desses setores no estado. Os projetos concorrentes devem ser em um dos seguintes eixos temáticos ou, mesmo, nos três juntos: logística (considerando que há significativas perdas no transporte dos animais); gestão (administrar um empreendimento no campo exige trabalhar com informações que normalmente não estão reunidas de maneira prática); e sustentabilidade (afinal, é preciso produzir hoje com vistas a garantir o futuro das próximas gerações).

A pontuação e o consequente ranqueamento das soluções tecnológicas participantes do hackathon obedecerão a quatro critérios, todos com o mesmo peso de 25%. São eles: criatividade e inovação; qualidade técnica; viabilidade; e aplicabilidade. As três equipes melhor avaliadas serão consideradas finalistas. Um membro de cada equipe deverá apresentar, de maneira rápida, a solução perante banca julgadora. Todos os membros da equipe campeã serão premiados com um pacote que inclui passagens aéreas para participar do Campus Party 2019 em São Paulo-SP, marcado para o período de 12 a 17 de fevereiro.

O hackathon é uma atividade do projeto Aquitech – Aquicultura com tecnologia e sustentabilidade, uma parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Embrapa. O projeto está no início, tem vigência de 30 meses e vai trabalhar com cinco espécies: tilápia, ostra nativa, pirarucu, tambaqui e camarão. Estão programadas ações em 17 estados das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do país. Entre os resultados esperados do Aquitech, está a criação de aplicativos mobile para o setor.

O edital com as informações do evento pode ser acessado clicando aqui. As inscrições são pelo endereço https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc0-HxMsmQv9JfGzPlxpg9_Xd1wBpHrcAQ-BAqKikTgWfqNMg/viewform?edit_requested=true.