Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Universo Gospel

Foto: Divulgação

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou nesta quarta-feira, 10, que o Santo Padre Papa Francisco dignou-se elevar a prelazia territorial de Cristalândia/TO à diocese nomeando seu primeiro bispo dom Wellington de Queiroz Vieira. O prelado já estava à frente desta Igreja particular desde 2016.

Localizada a 153 km da Capital Palmas, no Tocantins, a prelazia de Cristalândia foi criada em 26 de março de 1956 pela Bula Ne quid Filiis do papa Pio XII sob a jurisdição de um Administrador Apostólico.

Situada na região Norte e Centro Oeste do Brasil, abrange 4 municípios no estado de Goiás, 14 municípios e alguns povoados pequenos no estado do Tocantins, e, pastoralmente, inclui a Ilha do Bananal, a maior ilha fluvial do mundo. Possui uma superfície de 61.853,3 km², e com a Ilha do Bananal, atinge quase 85.000 km².

Uma grande parte da população é proveniente de outras regiões do Brasil (especialmente do Norte e Nordeste – Maranhão, Piauí, Pará e Bahia) e, ultimamente, do Leste e Sul (Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina).

Saudação

A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação a dom Wellington de Queiroz.

Biografia

Dom Wellington nasceu em 11 de julho de 1968, em Tocantinópolis/TO. Fez seus estudos de Filosofia, em Brasília (DF), de Teologia no Rio de Janeiro/RJ e dois mestrados em Roma: um em Filosofia, na Pontifícia Universidade Gregoriana e outro em Direito Canônico, na Pontifícia Universidade Lateranense.

Na diocese de Tocantinópolis serviu como pároco em Xambioá/TO e Araguaína/TO, como membro do Colégio dos Consultores e do Conselho Presbiteral, além de vigário judicial e ecônomo da diocese. Também já atuou como pároco da Paróquia São Paulo Apóstolo, em Araguaína.

Em novembro de 2016, foi nomeado pelo papa Francisco como bispo da prelazia de Cristalândia.