Polí­tica

Cidade de Araguanã (Foto: Divulgação)

Os vereadores de Araguanã/TO, cidade com cerca de 6 mil habitantes, a cerca de 380 km de Palmas, irão se reunir nesta sexta-feira, 17, em sessão extraordinária para votar a resolução da eleição indireta para escolha dos novos prefeito e vice-prefeito do município.

A eleição indireta terá que ser marcada após o município passar por uma situação inédita. No último sábado, 11, o prefeito Hernandes Neves Brito, 54 anos, morreu vítima da covid-19. Durante o período em que Hernandes esteve afastado para tratamento de saúde, quem assumiu o cargo interinamente foi o presidente da Câmara, vereador Cícero Cruz de Araújo, que também faleceu no dia 26 de junho devido a um ataque cardíaco.

Nesse período, quem ocupa o cargo de prefeita interinamente é a vereadora Irene Rodrigues Ramos Duarte (PSD). Mas, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no caso de vacância do cargo de prefeito e vice-prefeito, a Câmara deve organizar eleição indireta em 30 dias.

Vale ressaltar que Hernandes Brito foi eleito vice-prefeito de Araguanã, juntamente com Fernando Luiz dos Santos (PSD), eleito prefeito em 2016. Entretanto, Hernandes assumiu o cargo de prefeito em definitivo após Fernando Luiz renunciar em janeiro de 2017.

Prefeito e vice-prefeito eleitos na eleição indireta ficarão no cargo até 31 de dezembro deste ano. A data da eleição será definida na tarde de hoje durante a sessão extraordinária da Câmara.