Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Esporte

Foto: Divulgação/CBM-TO

Caiu na manhã deste domingo, 24, por volta das 8h15, no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional, nas proximidades da capital Palmas/TO, um avião particular que levaria parte da equipe do Palmas Futebol e Regatas que iria enfrentar o Vila Nova de Goiás pela Copa Verde, em Goiânia, nessa segunda-feira, 25.

A aeronave, um bimotor modelo Baron, de prefixo PTLYG, ainda estava em procedimento de início de decolagem e voava a cerca de 500 metros da cabeceira da pista da Associação Tocantinense de Aviação (ATA) quando caiu. “Quando chegamos, observamos que a aeronave ainda estava em chamas, mas com fogo baixo. Duas explosões foram notadas, o que pode ter sido os tanques nas asas”, relatou a tenente-coronel Andreya de Fátima Bueno, comandante do 1º Batalhão de Bombeiros Militar.

Segundo nota do Palmas F.C., estavam na aeronave o presidente do Palmas, Lucas Meira e quatro atletas do tricolor da capital: Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule, e Marcus Molinari, além do piloto identificado como comandante Wagner Machado.

Imagens divulgadas na rede social Whatsapp feitas no local mostram a aeronave em chamas, que ficou completamente destruída.

Em nota, o Palmas lamentou da tragédia: “Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar”.

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado às 9h22, e atuou com três equipes na ocorrência. Devido ao estado em que o avião estava, apenas o controle das chamas e o rescaldo foram executados, para resfriar e extinguir por completo o incêndio.

“As chamas foram controladas e com o rescaldo, os bombeiros militares fizeram o máximo para que tanto a área em torno do acidente e os corpos fossem preservados e a perícia pudesse atuar”, destacou a tenente-coronel Andreya. (Atualizada às 14h18 com informações do Corpo de Bombeiros)

Confira abaixo a nota na íntegra.

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar.