Araguaína

Foto: Marcos Sandes

Foto: Marcos Sandes

Araguaína iniciou a implantação de proteção em volta dos postes de energia elétrica para amortecer o impacto de veículos em caso de colisão com as estruturas de concreto da iluminação pública. Essas defensas urbanas estão previstas para serem instaladas em 30 pontos da cidade, tendo já beneficiado o primeiro local, na Avenida Maranhão, na Vila Nova.

O amortecimento de impactos nos postes de energia ocorre em razão do material das defensas, que são fabricadas com camadas de concreto, brita e borracha EVA (Etil, Vinil e Acetato). De acordo com o secretário de Planejamento e Infraestrutura, Frederico Prado, a medida pretende trazer mais segurança aos condutores no trânsito, além de evitar danos ao patrimônio público.

“Ficamos muito felizes de receber esse projeto em Araguaína que promete reduzir o impacto na nossa rede elétrica, ocorrências que são muito comuns, dessa forma evita transtornos aos moradores e danos para os condutores que se envolverem nesse tipo de acidente”, afirmou o secretário.

Segurança e acessibilidade

A ação é realizada pela concessionária Energisa, com orientação e fiscalização da Prefeitura. Para realizar a instalação, os profissionais estão analisando as condições técnicas. “Estamos indo a campo para verificar o tamanho das calçadas, porque se for estreita não podemos instalar, pois queremos garantir a segurança, mas sem prejudicar a acessibilidade”, explicou o coordenador de Distribuição e Manutenção da Energisa, Michael Alvarenga.

Próximas instalações

Até o momento, dez locais foram escolhidos com base nas vias que registraram o maior índice de acidentes envolvendo a colisão em postes de energia. Esse mapeamento está sendo realizado pela Energisa e conta com o apoio da ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito) e da secretaria de Infraestrutura, para autorização dos pontos definidos. Conforme a concessionária de energia, serão instaladas nesta semana outras defensas em avenidas e ruas dos bairros Araguaína Sul, Patrocínio e Setor Tocantins.