Estado

Foto: Ricardo Stuckert/Governo Federal

Foto: Ricardo Stuckert/Governo Federal

O governador Wanderlei Barbosa apresentou nesta sexta-feira, 27, demandas do Tocantins no Fórum de Governadores, em Brasília, com a presença do presidente Luís Inácio Lula da Silva. "Trouxemos a proposta de dar continuidade da BR-010; a ponte que liga Caseara até Santana do Araguaia, no Pará; a ponte sobre o Rio Tocantins que liga Carolina, no Maranhão, até Filadélfia, no Tocantins; e outras pautas. Tratamos de diversas pautas, todas muito importantes", afirmou.

Em mensagem aos tocantinenses, o chefe do Executivo Estadual enfatizou o processo democrático do Fórum dos Governadores. “Aqui ocorreu o encontro de todas as ideologias, respeitando cada sentimento, cada escolha do povo brasileiro. Isso é o que queremos, trabalhar de maneira conjunta, em parceria com o Governo Federal”, ressaltou.

Carta a Brasília

Ainda durante o Fórum, o presidente Lula e os gestores estaduais dos 26 estados e do Distrito Federal assinaram um documento intitulado Carta de Brasília. Também decidiram criar um Conselho da Federação, que deve ser composto pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pelo vice-presidente Geraldo Alckmin, pelo ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e por representantes dos chefes estaduais, com indicação dos consórcios regionais e das entidades municipais.

Ofício encaminhado ao presidente Lula

Sobre as demandas do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa entregou ofício requerendo obras de infraestrutura e o processo de federalização da rodovia TO-335. “As pautas do Tocantins foram apresentadas pelo presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes, e pelo presidente do Consórcio Amazônia Legal, o governador do Pará, Helder Barbalho”, explicou Wanderlei Barbosa.

No ofício encaminhado ao presidente Lula, por meio da Secretaria Executiva do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, foram apresentadas as seguintes demandas: a construção da ponte sobre o Rio Tocantins, ligando os municípios de Filadélfia-TO a Carolina-MA; a pavimentação do trecho da Rodovia TO-110, entre o município de São Félix do Tocantins e o estado da Bahia, que liga os principais roteiros turísticos do Parque Estadual do Jalapão; e, por fim, a federalização da TO-335, que liga a fronteira do estado do Pará, no município tocantinense de Couto Magalhães, passando por Colinas do Tocantins, até o entroncamento de Palmeirante do Tocantins, onde fica o porto seco da Ferrovia Norte-Sul, atuando como área de escoamento da produção dos estados do Tocantins e Piauí. (Secom/TO)