Economia

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Governo do Tocantins, por meio da Agência de Fomento, fechou o ano de 2023 com resultados positivos no que diz respeito ao incentivo ao empreendedorismo. Contabilizadas as ações do primeiro e do segundo semestre, a instituição tem apresentado avanços e se tornou referência no microcrédito, além de apresentar demonstrativos de resultados sólidos e satisfatórios. 

Para a presidente da instituição, Denise Rocha, disponibilizar crédito acessível aos empreendedores do Tocantins estimula a economia e o desenvolvimento do Tocantins. “Nós nos tornamos referência na concessão do microcrédito no Tocantins. Esse é um marco importante, sem dúvidas. A Agência atende empreendedores que, na grande maioria das vezes, não são atendidos pelos bancos comerciais. Além disso, é importante frisar o compromisso do governador Wanderlei Barbosa com a instituição, visto que, em razão dos aportes financeiros por parte do Estado, foi possível oferecer taxas equalizadas em 1,5% ao mês”, pontua a gestora.    

Fungetur

Após gestão do Governo do Tocantins, o Ministério do Turismo fez aporte de recursos na Agência de Fomento, visando fortalecer o turismo no Estado. Em janeiro, foi R$ 1,6 milhão; em novembro, foram mais R$ 6,1 milhões. O Fungetur é um instrumento de política pública de incentivo a empreendimentos turísticos, cuja cessão de crédito tem a menor taxa de juros do mercado financeiro, aproximadamente 0,75% ao mês, considerando juros de 5% ao ano + variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Aliado a isso, o prazo de até 60 meses, com carência de 12 meses, impulsionou a economia local e o crescimento econômico, além de promover a geração de empregos. Logicamente, o aporte de novos recursos, por parte do Ministério do Turismo, foi significativo e demonstrou confiança na instituição tocantinense, ou seja, avanços e frutos da boa gestão.

É fato notório que o Tocantins tem potencial para se tornar um dos maiores polos turísticos do país, em razão da sua rica diversidade cultural, paisagens deslumbrantes, rios cristalinos, praias, cachoeiras, fauna e flora únicas, que são um verdadeiro tesouro. Esse potencial é invejável, contudo, para que haja desenvolvimento sustentável da atividade turística, é necessário que haja também investimentos e esse é o papel do Fungetur, por meio da Agência de Fomento do Tocantins.

Fungetur Energia solar

Os recursos do Fungetur também foram aplicados no Tocantins em energia solar, desde que o empreendedor explorasse o ramo do turismo, como no caso de hotéis, pousadas, restaurantes, lanchonetes, bares, centro de eventos, entre outros. Da mesma maneira, era necessário que estivessem inscritos no Cadastro de Turismo do Ministério do Turismo (Cadastur). 

Além de fomentar o consumo de energia renovável, com baixo impacto ambiental, o lançamento da linha de crédito teve o objetivo de facilitar a obtenção dos recursos, bem como apoiar e incentivar a geração de emprego e renda no segmento turístico.

Participação em Feiras

Durante o ano de 2023, a equipe da Agência de Fomento percorreu praticamente todo o território tocantinense. Foram apresentadas aos empreendedores, nos mais diversos eventos, as linhas de crédito disponíveis para a agricultura familiar e piscicultura; a inovação; o turismo e o capital de giro. A Fomento participou da Agrosudeste, em Almas; da Feira Época, em Araguaína; da Agrotins, em Palmas; da Expompep, em Paraíso; da Expoagro, de Marianópolis; da ExpoMurici, em Muricilândia; e da Feira da Soja, em Campos Lindos.

A Fomento também esteve presente na apresentação das Linhas Finep, nas sedes do Sebrae em Araguaína e Gurupi; da Agrovale, em Lagoa da Confusão; do Mutirão do Crédito Rural, em Gurupi; do Dia Técnico da Mandiocultura, em Brasilândia; do Subprograma Produtos da Terra, em Sítio Novo; e da Fenesup em Taquaralto, Palmas.

Além disso, as equipes de prospecção levaram a Caravana Fomento Presente até as cidades de Gurupi, Augustinópolis, Aparecida do Rio Negro, Araguaína, Praia Norte, Pedro Afonso, Guaraí, Itacajá, Nova Olinda, Colinas, Natividade, Aguiarnópolis, Babaçulândia, Brasilândia, Rio dos Bois e Miranorte.

Campanhas temáticas e recuperação de crédito

No mês de maio, em prestígio ao Dia das Mães, foi lançada a campanha Fomento Mulher. Com oferta de até R$ 100 mil para serem amortizados em até 60 meses, as mães empreendedoras tiveram acesso ao crédito para investir em seus negócios e, por consequência, expandi-los. A carência de até três meses foi mantida, como também a taxa equalizada de 1,5% ao mês para pagamentos em dia. Tudo isso só foi possível em razão do aporte de capital feito pelo Governo do Tocantins do Tocantins na Agência de Fomento. 

 Presidente da Agência de Fomento, Denise Rocha, no lançamento da taxa equalizada de 1,5% (Foto: Josy Karla/Governo do Tocantins)

Em outubro deste ano, outra campanha nos mesmos moldes, o Fomento Outubro Rosaque, mais uma vez, prestigiou as mulheres empreendedoras. Já em novembro, a campanha Natal com estoque, para valores até R$ 100 mil, prestigiou os comerciantes estabelecidos no Tocantins, permitindo que renovassem suas mercadorias para as vendas do período natalino, como também para quitar a gratificação do 13° salário caso quisessem ou mesmo para investir nos seus negócios.

Concurso Público

No mês de setembro, foi lançado o concurso público para contratação de servidores para a Agência de Fomento. Em razão do expressivo crescimento da Agência de Fomento durante a gestão do governador Wanderlei Barbosa e visando fortalecer, ainda mais, o quadro de servidores da instituição, o certame abriu inscrições para 48 vagas, sendo 12 para posse imediata e 36 para o cadastro de reserva, em cargos de níveis médio e superior. As provas foram aplicadas no dia 26 de novembro e o resultado foi divulgado em 14 de dezembro. Os candidatos aprovados serão chamados para a posse brevemente.