Estado

Foto: Márcio Vieira

Foto: Márcio Vieira

O Governo do Tocantins apresentou ao Banco de Brasília (BRB) uma Carta-Consulta para a realização de operação de crédito no valor de R$ 250 milhões. Os recursos serão destinados a duplicação da Ponte Governador José Wilson Siqueira Campos, que liga Palmas à Luzimangues, e a duplicação da TO-080, no trecho entre Luzimangues e Paraíso do Tocantins. O projeto faz parte da estratégia de integração logística para ampliar a atividade econômica no terminal de integração da Ferrovia Norte-Sul localizado na região, e melhorar os acessos à capital do Estado. 

A viabilização dessa operação de crédito já havia sido anunciada pelo governador Wanderlei Barbosa, no dia 14 de junho, quando o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, esteve em agenda oficial no Tocantins. Para o chefe de estado, há uma parceria sólida estabelecida. "O BRB já é um financiador de projetos com o Governo do Tocantins, iniciou a operação de agências no estado, ampliando as opções de crédito para a nossa população, justamente por acreditar no processo de crescimento econômico que vivenciamos. Estamos confiantes que mais uma obra histórica da nossa gestão contará com essa parceria", afirmou o gestor. 

A Ponte de Porto Nacional inaugurada no dia 14 de junho, no valor total de R$ 180 milhões, contou com financiamento de R$ 149 milhões do BRB. Nessa data, o presidente do banco, além de participar da inauguração da ponte, formalizou a abertura das três primeiras agências físicas no Tocantins, localizadas em Palmas. O plano de expansão das atividades do BRB no Estado demonstram a confiança da instituição financeira no desenvolvimento econômico do estado, o que contribuiu para a viabilização da operação de crédito. 

 Foto: Vinícius Santa Rosa

A formalização da Carta-Consulta ocorreu em reunião realizada nesta sexta-feira, 21, em Brasília, entre o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, o secretário da Fazenda do Tocantins, Júlio Edstron, da Administração, Paulo César Benfica e de Representação em Brasília, Carlos Manzini Júnior. Esse procedimento é o primeiro passo das negociações de operação de crédito junto a uma instituição financeira, e paralelamente, o Estado pode dar encaminhamento em outras fases do processo. 

Autorização da Assembleia Legislativa 

Ainda nesta sexta-feira, 21, o Estado protocolou na Assembleia Legislativa do Tocantins o Projeto de Lei no 9, de  19 de junho de 2024, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito junto ao BRB, com garantia de crédito da União. O Governo do Tocantins solicita que a proposição seja avaliada em regime de urgência, para que todas as etapas de nível estadual necessárias à contratação sejam realizadas com o máximo de agilidade. 

O secretário do Planejamento e Orçamento, Sergislei de Moura, destacou que essa operação do crédito está dentro do plano de pavimentação e recuperação asfáltica.  "Temos como objetivo principal melhorar a logística de transporte, ligando a margem esquerda do Rio Tocantins com a produção de outras regiões do Estado, ligando a produção até o modal da ferrovia. O Governo do Tocantins quer estabelecer a logística de transporte e fortalecer esse grande empreendimento que gera emprego e renda para a população do Estado", afirmou.

 Foto: Adilvan Nogueira