Saúde

Foto: Mapa da Notícia O médico coordenador de cirurgias do HGP, Itágores Hoffman I, explica que o objetivo é realizar dois mutirões por mês O médico coordenador de cirurgias do HGP, Itágores Hoffman I, explica que o objetivo é realizar dois mutirões por mês

Com o objetivo de reduzir a lista de espera dos pacientes eletivos que necessitam de cirurgia no aparelho digestivo, a Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), realizará mutirão de cirurgias no Hospital Geral de Palmas (HGP), nesse sábado, 24.

Segundo a coordenadora do centro cirúrgico Joyce Vilarins, desde dezembro, já foram realizados quatro mutirões, e cerca de 37 pacientes com indicação cirúrgica de hérnia foram operados, além das cirurgias realizadas de segunda à sexta no Hospital. “Esse mutirão será o primeiro de vesícula por vídeo, e vai contemplar mais 10 pacientes. Nosso objetivo é desafogar a lista e entrar num ponto de equilíbrio entre o encaminhamento cirúrgico e data do procedimento.”

O médico coordenador de cirurgias do HGP, Itágores Hoffman I, explica que o objetivo é realizar dois mutirões por mês, e que a estratégia encontrada para liberar a lista de espera por cirurgia do aparelho digestivo foi colocar à disposição dos pacientes dias alternativos, pois, aos fins de semana, o fluxo de cirurgias é menor e conseqüentemente há maior disponibilidade do número de salas para realização dos procedimentos.

O projeto coordenado e supervisionado pela equipe do HGP conta com a parceria da UFT por meio de fornecimento de materiais e disponibilização de equipe médica residente, além do apoio da empresa Bhiosupply, que vai fornecer os instrumentais de vídeo.