Polí­tica

Foto: Divulgação

Nesta semana, o vereador professor Júnior Geo (PROS) apresentou à Câmara de Palmas o Projeto de Lei “Escola Segura”. O objetivo é possibilitar aos profissionais das escolas municipais de Palmas conhecimentos e treinamento específico em relação à prevenção de acidentes e primeiros socorros. ­

“Ações de primeiros socorros podem salvar vidas. É de extrema importância que se tenha pessoas preparadas para uma situação de emergência e prontas para auxiliar a vítima até que o atendimento médico chegue. É uma forma de garantir maior proteção aos alunos e demais profissionais no ambiente escolar”, ressaltou o vereador.

Caso de morte por engasgamento

A questão foi levantada após o estudante, Lucas Zamora, de 10 anos, na cidade de Campinas/SP, sofrer engasgamento em um passeio da escola no ano passado. A ideia para que a capacitação dos profissionais de educação seja lei, surgiu pela família do garoto, que iniciou uma campanha nas redes sociais com o intuito de conscientizar outras famílias sobre o risco de situações como essa.

“Ocorrências de acidentes nos espaços escolares é comum e, por isso, precisamos tomar as devidas providências para evitar que casos como este se repitam. Queremos garantir o bem-estar das crianças e adolescentes no âmbito escolar”, afirmou o vereador.