Saúde

Foto: Nielcem Fernandes No total já foram formados 147 tutores no Tocantins No total já foram formados 147 tutores no Tocantins

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio das áreas técnicas alimentação e nutrição e saúde da criança e do adolescente, vem implantando no Tocantins a Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB) desde 2013 com o objetivo de qualificar profissionais de saúde para apoiar as mães no aleitamento materno e alimentação complementar saudável de crianças até dois anos de idade, que são fatores importantes na redução de mortalidade infantil.

Com o intuito de fortalecer a estratégia no Tocantins, a Diretoria de Atenção Primária realiza nesta terça-feira, 06, no Data SUS, em Palmas, o I Encontro Estadual de Tutores (EAAB) para dar assessoria técnicas aos tutores da estratégia tendo em vista a certificação das unidades capacitadas.

Tutores

Os tutores são responsáveis para disseminar a estratégia e realizar oficinas de trabalho nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Esses profissionais são os pilares da estratégia e devem apoiar o planejamento, o acompanhamento e/ou fortalecimento das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e à alimentação complementar saudável nas UBS, de forma contínua.

A nutricionista Teresinha Franco destacou que esse “é um momento para avaliação e escuta dos tutores para saber como está a implantação da estratégia nos municípios e ajudá-los em suas dificuldades”.

Ainda segundo a nutricionista, para formação de tutor, é realizado curso de 32 horas onde ele irá viabilizar o processo da implantação da estratégia dentro da unidade em que trabalha no município. “O objetivo é orientar as mães sobre a amamentação ainda na gravidez, oferecer apoio a elas e orientá-las quanto à introdução alimentar no sexto mês e alimentação complementar” explicou.

A Consultora técnica do aleitamento materno e saúde da criança do Ministério da Saúde, Ariane de Matos, disse que as equipes encontram algumas dificuldades para a conscientização da importância do aleitamento materno, “indústrias e propagandas e falta de conhecimento das mães com relação ao aleitamento materno são umas delas. Elas precisam acreditar que o leite materno é o melhor alimento para o bebê, o mais importante e o suficiente”.

No total já foram formados 147 tutores no Tocantins. Ainda neste ano serão ofertadas oficinas para as regiões que não tiveram ainda a capacitação: Região Sudeste e a Região Cantão.

Estratégia

A "Estratégia Nacional para Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável no SUS - Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil", lançada em 2012 pelo Ministério da Saúde tem como objetivo qualificar o processo de trabalho dos profissionais da atenção básica com o intuito de reforçar e incentivar a promoção do aleitamento materno e da alimentação saudável para crianças menores de dois anos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para a efetivação da estratégia os estados e municípios se organizam para formar os profissionais da atenção básica por meio de duas ações: formação de tutores e oficinas de trabalho na Unidade Básica de Saúde.