Polí­tica

Foto: Divulgação

A Câmara de Palmas realiza nessa quinta-feira, 8, às 9 horas, sessão solene em alusão ao Dia Internacional da Mulher.  Na ocasião, a Casa de Leis homenageará duas mulheres palmenses que possuem uma trajetória de superação: a jornalista e radialista Marilda do Carmo José do Amaral e a gestora pública Elizete Freire Cavalcante.

A programação foi elaborada pela Comissão de Assuntos dos Direitos da Mulher em conjunto com instituições como Ministério Público Estadual, Vara Especializada no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Palmas, Diretoria de Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura de Palmas e Defensoria Pública.

De acordo com a presidente da comissão, a vereadora Laudecy Coimbra (SD) a sessão solene pretende discutir a origem e significância da data, ao invés de se tornar apenas um momento comemorativo. “Nossa intenção é fazer um Dia Internacional da Mulher voltado para a origem da data, um dia de luta que tem sido deturpado. Um dia de lembrar que mulheres continuam sofrendo vítimas do preconceito e da violência e ainda para pautarmos soluções e atitudes concretas que devem ser tomadas”, afirmou.

A sessão solene contará também com a participação da promotora de Justiça, Flávia Sousa Rodrigues, da delegada da Mulher da Região Centro-Norte, Suzane Fleury Orsine e da vice-prefeita, Cinthia Ribeiro. Na ocasião, haverá ainda a assinatura de ofício pelos parlamentares solicitando ao Executivo Estadual a implantação de Delegacias da Mulher nos distritos de Taquaruçu e Buritirana.