Polí­cia

Foto: SSP/TO David é suspeito pela prática do crime de latrocínio David é suspeito pela prática do crime de latrocínio

A Policia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Arraias, prendeu, na tarde dessa quarta-feira, 7, naquele município, David W. G. dos S. e Lucas B. P. R.. Eles são suspeitos pela prática do crime de latrocínio e foram presos por policiais civis comandados pela delegada Vanusa Regina de Carvalho Nunes, mediante cumprimento a mandados de prisões preventivas.

Conforme a delegada Vanusa, os dois indivíduos são suspeitos de roubar e assassinar um idoso, fato ocorrido no dia 29 de setembro de 2017. Depois de efetuar as investigações necessárias, a equipe da DP de Arraias chegou até David e Lucas que são apontados como os autores do latrocínio.

Desta forma, a delegada representou, junto ao Poder Judiciário, pelas prisões dos dois indivíduos, as quais foram concedidas e cumpridas, nessa quarta-feira. Os suspeitos foram capturados e levados até a sede da Delegacia de Arraias e, após as providências legais cabíveis, ambos foram recolhidos à carceragem da Cadeia Pública local, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

O Crime

No dia do crime, os dois indivíduos teriam ido até a residência da vítima com a intenção de subtrair dinheiro que, supostamente, a mesma teria em casa. No entanto, após chegar ao local e render o idoso, os autores não encontraram o dinheiro e, desta forma, David teria roubado apenas dois isqueiros.

Em seguida, ele teria aplicado uma “gravata” no idoso, que resistiu e conseguiu golpear o agressor com uma lanterna. Ainda de acordo com as investigações, David, então teria desferido vários golpes, inicialmente com uma enxada e depois com uma faca, na vítima que não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio a óbito.

Ainda conforme a delegada, o crime bárbaro causou muita revolta na população de Arraias, uma vez que o idoso era uma pessoa muito querida e conhecida na cidade.