Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado Rocha Miranda, comunicou nesta última terça-feira, 13, em sessão na Assembleia Legislativa do Tocantins a sua desfiliação do Partido – Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

O deputado argumenta que sua saída deu-se pela a incompatibilidade político partidário com os atos administrativos tomado exclusivamente pelo governador Marcelo Miranda na condução da coisa pública estadual e, especialmente quando se trata de suas gestões no âmbito do partido propriamente dito.

Rocha ressalta o "tratamento dado aos filiados e companheiros do partido, falta ética, respeito e compromisso com o programa político partidário em especifico”.

O deputado ainda não decidiu em qual partido vai se filiar, mas afirma que vem recebendo inúmeros convites e participando de várias reuniões com autoridades. Segundo o parlamentar sua saída foi comunicada devido ao prazo para que políticos com mandatos legislativos – na Câmara dos Deputados e Assembleias Legislativas, possam trocar de legendas, sob a proteção da lei, que começou na última quarta-feira, dia 7 março. A chamada janela de transferência partidária segue até o dia 7 de abril. 

Por: Redação

Tags: Assembleia Legislativa, Rocha Miranda