Economia

Foto: Divulgação Presidente da Agência de Fomento, Ricardo Maurílio, junto ao presidente da ABDE, Milton Luiz de Melo Presidente da Agência de Fomento, Ricardo Maurílio, junto ao presidente da ABDE, Milton Luiz de Melo

A Agência de Fomento do Tocantins voltou a ser uma das instituições associadas à Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE). Agora a Fomento-TO, passa a integrar um grupo de mais 29 Agências de Fomento e instituições financeiras que têm como objetivo comum estimular o desenvolvimento da economia nacional.

A decisão do retorno foi tema da 109ª Assembleia Geral Ordinária da ABDE, que aconteceu em Brasília este mês. O presidente da Agência de Fomento do Tocantins, Maurílio Ricardo, participou do encontro e comemorou a novidade. “É um avanço para o Tocantins, pois fazer parte de hall de associados da ABDE reforça a importância do Estado no processo de desenvolvimento econômico nacional e nos integra, oficialmente, ao Sistema Nacional de Fomento”, afirmou.

O Sistema Nacional de Fomento, ao qual o presidente se refere, é constituído apenas por instituições financeiras de desenvolvimento que têm como característica a força de sua representatividade regional, e respondem por aproximadamente 50% das operações de crédito do Brasil.

Com a nova parceira, a Agência de Fomento do Tocantins deverá também ser uma das beneficiadas das conquistas a ABDE neste ano, entre elas, a regulamentação específica para Agências de Fomento junto ao Banco Central e recursos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES). 

 ABDE

Criada em 1969, a Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) define estratégias e executa ações indutoras do fortalecimento do Sistema Nacional de Fomento. Entre suas missões, o aprimoramento da atuação dos associados para que financiem com eficiência o desenvolvimento brasileiro é uma das prioridades.