Polí­tica

Foto: Lucas Nascimento

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargador Marco Antony Villas Boas, se reuniu com todos os membros da Comissão de Segurança Institucional para a Eleição Suplementar, na tarde desta terça-feira (8/05), no gabinete da presidência. A reunião marca a abertura dos trabalhos da comissão para o pleito do dia 3 de junho.

Villas Boas ressaltou a importância da integração das forças de segurança para a Eleição Suplementar e Eleições Gerais 2018. “Esse projeto é desenvolvido desde 2012, com muito sucesso, já são quatro eleições, trazendo uma nova cultura ao processo eleitoral no que se refere ao respeito ao cidadão. Desejo a todos excelente trabalho e que possamos garantir à sociedade o direito ao voto tranquilo”, enfatizou.

A vice-presidente do TRE-TO e corregedora eleitoral, desembargadora Ângela Prudente, disse que a experiência tem dado muito certo. “Pude presenciar nessas últimas eleições municipais que tudo transcorreu de forma tranquila e segura, dentro da legalidade. É uma eleição de prazo exíguo, mas tenho certeza que com a colaboração de todos teremos mais uma vez uma eleição segura”, destacou.

O diretor-geral do TRE-TO, José Machado, apresentou o balanço logístico para a Eleição Suplementar e enfatizou que a Justiça Eleitoral está preparada para realizar o pleito. “Todas as ações pertinentes às contratações e deslocamento de urnas já estão prontos. Já vistoriamos 882 locais de votação e tudo está sob controle. Nos próximos dias vamos dar início à checagem das urnas, carga e lacração, para que no dia da Eleição elas estejam prontas e disponibilizadas ao eleitor”, explicou.

O procurador eleitoral, Álvaro Manzano, enfatizou a importância de haver maior eficácia no processo do repasse das informações entre as forças de segurança para garantir um trabalho coordenado e ágil. “Esse ambiente é propício para potencializar a forma como as informações serão gerenciadas, garantindo que elas circulem de maneira fluída. Estamos à disposição para participar dessa comissão”, explicou.

Em seguida o presidente da Comissão de Segurança Institucional, juiz membro Rubem Ribeiro de Carvalho disse que espera corresponder à altura da designação ao cargo, enfatizando a experiência dos integrantes da equipe, na área de segurança e eleições. “Acredito que esse trabalho será tão eficiente quanto nas anteriores e que as informações entre os membros acontecerá de forma fluída e rápida, pois essa troca de informações rápida proporciona uma perfeita atuação da equipe”, disse.

O Coronel Athos Roberto de Souza, Comandante do 22º Batalhão de Infantaria, esclareceu que a tropa em si está em condições de atuar em qualquer momento, sendo necessários apenas ajustes logísticos e administrativos. Ele garantiu a efetiva participação da corporação no desempenho da segurança nas aldeias e demais atribuições que competem ao Exército.

Também presente na reunião, o superintendente Regional da Polícia Federal, Arcelino Vieira Damasceno disse que a PF está à disposição na sua vocação institucional de Polícia Judiciária e destacou que a Eleição passada foi muito positiva no que diz respeito a averiguação de crimes e ilícitos eleitorais.

Presentes

A reunião de trabalho contou ainda com a participação do Juiz José Ribamar Mendes Júnior, presidente do Conselho da Justiça Militar; Elmir Eustáquio da Silva, representando a Superintendência  da Polícia Rodoviária Federal; Coronel Marizon Mendes Marques, Comandante do Policiamento do Interior;  Claudemir Luiz Ferreira, Delegado e representante da Secretaria Estadual de Segurança Pública; Tenente Coronel Farias, representando o Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar

Do TRE-TO participaram  Cristiane Regina Boechat Tose, Secretária de Gestão de Pessoas; Regina Bezerra dos Reis, Secretária Judiciária e Gestão da Informação; Teodomiro Fernandes Amorim, Secretário de Administração e Orçamento; Jader Batista Gonçalves, Secretário de Tecnologia da Informação; Ana Carina Mendes Souto, Coordenadora da Corregedoria; Rosane Helena Mesquita Vieira, Coordenadora de Serviços Gerais; Marcos Leôncio, Secretário do Comitê de Segurança Institucional.