Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Esporte

Preocupados com a escalada de acidentes de trânsito vitimando, principalmente, atletas do ciclismo e corredores de rua, um coletivo de ciclistas da capital promove nesse sábado, 19/5, a partir das 7 horas, um ato pacífico em defesa de um trânsito que respeite a vida, com mais respeito e menos acidentes.

Organizado por ciclistas de diversos grupos e equipes de ciclismo, o ato vai percorrer parte da avenida JK, Praça dos Girassóis e avenida Teotônio Segurado, e foi pensado para agregar corredores, triatletas além de usuários e condutores que se utilizam das ruas para mobilidade.

A concentração será às 7 horas, no bolsão do último estacionamento da avenida JK, próximo ao Palacinho, na quadra 110 sul (onde se localizam uma panificadora e uma açaiteria). 

De lá, os participantes percorrerão de bicicletas a JK até a sede da Prefeitura de Palmas, quando se juntarão ao grupo pedestres e corredores de rua para um adesivaço com mensagens pregando uma convivência harmoniosa no trânsito e o respeito à vida.

O ato seguirá até a Praça dos Girassóis e de lá, via Teotônio Segurado, para o Parque Cesamar, de onde retornam para encerramento na Praça dos Girassóis, quando haverá uma homenagem às vítimas do trânsito.

Motivos

A comissão organizadora do evento ressalta que atletas de ciclismo e corrida de rua têm sido as principais vítimas de acidentes de trânsito em Palmas, em sua maioria, causados por infrações e imperícias de motoristas e mesmo por embriaguez ao volante. Por outro lado, há atletas cometendo infrações regularmente nas vias da capital, bem como flagrantes de atitudes incorretas de pedestres no trânsito e tudo isso requer participação popular para ser alterado.

Nesse cenário de desrespeitos mútuos no uso das ruas, são corriqueiros os acidentes envolvendo ciclistas e corredores, com atletas em treinamento sendo as principais vítimas. A evolução na quantidade dos atropelamentos e colisões tem provocado no meio esportivo uma inquietação crescente e até mesmo temor de sair às ruas para a prática esportiva, lazer ou se deslocar por necessidade de mobilidade.

Decididos a agir em prol do respeito às leis de trânsito e da convivência harmoniosa e do compartilhamento seguro das vias da capital, um grupo de cidadãos decidiu se unir para mobilizar atletas de modalidades esportivas como ciclismo, corrida de rua, triathlon e os movimentos afins, já existentes, para desenvolver ações contínuas e provocar reflexões e mudanças de atitude em relação ao trânsito e ao esporte em Palmas.

Uma das ações é o ato do dia 19 de maio, véspera do aniversário da capital e por ser o mês adotado internacionalmente pelo movimento Maio Amarelo, de conscientização para redução de acidentes de trânsito.