Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Militar realiza, através do seu Plano de Policiamento, a segurança da Eleição Suplementar para Governo do Tocantins, que ocorre neste domingo, 03. De acordo com um balanço parcial, a operação segue dentro da normalidade, apenas com ocorrências pontuais, onde a PM agiu prontamente para restabelecer a ordem.

O objetivo do Plano de Policiamento, divulgado pela PM na última sexta-feira, 1º de junho, é garantir que o processo eleitoral ocorra tranquilamente, intensificando o policiamento ostensivo, com ações preventivas e/ou repressivas, através de abordagens a pessoas e veículos em atitudes suspeitas, nos 139 municípios, incluindo 8 aldeias indígenas, e nas rodovias estaduais.

O deslocamento dos militares de todas as Unidades da PM teve início na última quinta-feira, 31. Foram empregados 1.290 policias nas seções eleitorais e mais de 400 no serviço ordinário. Vinte equipes trabalham na fiscalização de crimes eleitorais e 13 equipes no reforço dos destacamentos.

Palmas

Um homem foi preso pela PM na manhã do último sábado, 2, ao conduzir um veículo sob efeito de substância alcoólica. A abordagem foi realizada após denúncia de que o condutor de um caminhão estava transitando visivelmente embriagado pela rodovia, sentido Taquartalto/Palmas.

Após a abordagem, a equipe do 1º Batalhão submeteu o condutor ao teste de bafômetro, no qual foi constatado um teor de álcool equivalente a 1,73 mg/l, portanto, acima do mínimo permitido por lei. O homem foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante delito.

Ressalta-se que na maioria das comarcas, a venda e o consumo de bebidas alcoólicas está proibido até às 18h00 deste domingo, configurando como crime eleitoral caso sejam praticados.

Tocantinópolis

A Polícia Militar, por meio da equipe da 5ª CIPM, deteve na tarde de sábado, um homem por suspeita de Atentado Contra a Segurança de Serviço de Utilidade Pública, conforme o artigo 265, da Constituição Penal. O mesmo foi localizado e conduzido à Delegacia de Polícia, sendo autuado em flagrante após fazer divulgação de Blitz realizada pela Polícia Militar.

Eleitor consciente 

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras Barbosa, destacou a importância da colaboração da população para que a segurança seja mantida. “Alertamos para que o eleitor evite sucumbir a qualquer tipo de tentação em violar as regras. Sabemos que existem vários tipos de ofertas, mas a nossa orientação é para que o que eleitor mantenha sua conduta lícita, para evitar responder por isso”, esclareceu o coronel Jaizon, acrescentando que a PM está de prontidão para executar o cumprimento das leis.


Por: Redação

Tags: Eleição Suplementar, Polícia Militar